Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/11/2015 - 07:44

Danfoss reduzirá próprio consumo de energia em 50%

Aquecimento global deve ser interrompido e, de acordo com a Agência Internacional de Energia, a eficiência energética sozinha pode reduzir em 38% a emissão de gases que provocam o efeito estufa. A Danfoss fornece algumas das soluções mais inovadoras que poupam energia e a empresa está acelerando os seus esforços por meio da introdução de novas e ambiciosas metas climáticas.

A maior parte do consumo de energia do mundo vem da indústria e dos edifícios, e o potencial para reduzi-lo é igualmente grande. A Danfoss quer ser um modelo e estabeleceu novas metas ambiciosas para si antes da cúpula do clima COP21 em Paris. Em 2030, a empresa planeja usar metade da energia para executar o seu negócio e emitir metade do CO2 da energia que utiliza.

“Ao redor do mundo nós entregamos algumas das mais inovadoras e eficientes tecnologias para poupar energia; ajudamos cidades e empresas a alcançarem suas metas. Agora, estamos intensificando nossos próprios esforços na forma de uma nova e ambiciosa estratégia de clima, que tem por base o que já temos feito e alcançado. Vemos isso como parte natural de liderar o caminho no setor de clima”, diz o presidente e CEO Niels B. Christiansen.

A Danfoss já está progredindo muito no sentido de atingir essas metas. Entre 2007 e 2014, as vendas líquidas cresceram 55%, enquanto o consumo de energia, comparado com vendas, caiu 29%. A empresa tem executado projetos de economia de energia, entre outras ações, nas maiores fábricas em todo o mundo. Normalmente, isso reduz o consumo de energia para o funcionamento dos edifícios de 25% a 30%. Economiza-se principalmente por meio da otimização dos sistemas que controlam a ventilação, aquecimento e refrigeração usando os próprios produtos da Danfoss.

Com base nas experiências positivas, a Danfoss agora intensifica seus esforços para otimizar energeticamente os edifícios da empresa em todo o mundo. Além disso, os processos de linha de produção serão sistematicamente examinados para novos cortes de energia.

A Danfoss também está determinada a continuar a introdução de fontes verdes de energia. Em 2013, por exemplo, a Danfoss configurou um parque de placas solares - provavelmente o maior de seu tipo na Escandinávia - ao lado de sua sede em Nordborg, Dinamarca. Ele produz a eletricidade correspondente ao consumo anual de 400 moradias e tem a capacidade total de 2,2 MW. Um sistema de placas solares de 1 MW também foi inaugurado no novo campus da Danfoss na Índia no ano passado. Além disso, o novo campus recebeu a classificação internacional LEED Platinum, que o certifica como um complexo verde e sustentável. Uma gama de produtos da Danfoss está instalada para poupar energia.

Fatos sobre as novas metas de clima: . A ambição é reduzir a intensidade da energia em 50%, a partir de 24 MWh por milhão de DKK vendido em 2007 para 12 MWh até 2030 .

. Ao mesmo tempo, a quantidade de energia utilizada pela empresa deve produzir metade da quantidade de CO2. Em 2007, a Danfoss emitiu 320 kg de CO2 por 1 MWh de energia. Em 2030, deve ser ajustado para ser no máximo de 160 kg de CO2 por 1 MWh .

. O objetivo é que a intensidade de energia na Danfoss caia 3% ao ano a partir de 2017 e que as emissões de CO2 por 1 MWh de energia caiam em 5%. | www.danfoss.com.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: