Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

06/10/2015 - 08:01

Brasil encerra Circuito Mundial de vôlei de praia com mais dois ouros e dois bronzes

Alison e Bruno Schmidt e Larissa e Talita conquistam o título do World Tour Finals, enquanto Evandro e Pedro Solberg e Agatha e Bárbara são bronze .

Brasília —As duplas brasileiras que representarão o país no vôlei de praia nos Jogos Olímpicos Rio 2016 encerraram o Circuito Mundial 2015 com chave de ouro. Novidade na temporada, o World Tour Finals reuniu as 10 melhores duplas femininas e masculinas em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Alison e Bruno Schmidt levaram o título entre os homens, enquanto Larissa e Talita foram campeãs no feminino. Além disso, Evandro e Pedro Solberg e Agatha e Bárbara também subiram ao pódio, ambos ficando com a medalha de bronze.

No masculino, Alison e Bruno coroaram uma temporada perfeita com o sexto título. Na primeira fase, os brasileiros chegaram a levar um susto, perdendo na estreia para os norte-americanos Dallhauser e Lucena por 2 x 1 (21/18, 16/21 e 11/15). Mas a dupla se recuperou, bateu Nummerdor e Varenhorst, da Holanda, e Schalk e Saxton, do Canadá, para avançar à fase de mata mata.

Nas quartas de final, os brasileiros tiveram que virar para cima dos italianos Nicolai e Lupo para avançar: 2 x 1, com 20/22, 21/19 e 15/10. Na semi, duelo caseiro contra Evandro e Pedro Solberg e triunfo por 2 x 0, parciais de 21/17 e 23/21. Na decisão, o reencontro com os carrascos da estreia. Desta vez, Alison e Bruno não tomaram conhecimento dos donos da casa, vencendo Dallhausser e Lucena por inapeláveis 2 x 0 (21/13 e 21/15).

Com o título nas mãos, os brasileiros destacaram o relacionamento e a amizade dos dois dentro e fora da quadra como o diferencial. “Aprendemos muito e o ponto principal foi esse. Colocamos isso à frente de tudo”, explicou Bruno Schmidt. “Estou muito feliz. Não tinha tido uma temporada de tanto sucesso como essa. Tudo é especial para mim neste momento. Quero aproveitar o momento o máximo que puder, mas ao mesmo tempo estou muito animado para tentar repetir tudo de novo e melhorar ainda mais.”

Título e invencibilidade —Na chave feminina, Larissa e Talita seguiram impressionando. Sem perder uma partida desde o fim de julho, nas quartas de final do Grand Slam do Japão, as brasileiras não só conquistaram mais um título — o sétimo da temporada — como alcançaram a marca de 27 vitórias seguidas no Circuito Mundial.

Para chegar lá, elas bateram Laboureur e Sude, da Alemanha, as norte-americanas Kessy e Day, as canadenses Bansley e Pavan e as holandesas Mappelink e Van Iersel na primeira fase. Classificadas direto para as semifinais, Larissa e Talita reencontraram a dupla do Canadá e venceram novamente (2 x 0, com 21/19 e 21/12).

Para conquistar o título, a dupla do Brasil teve pela frente as alemãs Ludwing e Walkenhorst, justamente as responsáveis pela última derrota delas, no Japão. Em 39 minutos, Larissa e Talita deram o troco e faturaram o título ao derrotar as alemãs por 2 x 0, com 21/17 e 21/18.

“Eu nunca sonhei em chegar tão longe quando comecei a jogar. É tão difícil se destacar no Brasil, pois há tantas equipes boas. Estou muito feliz”, comemorou Talita. “Nossa química é muito boa. Nos conhecemos muito bem e estamos felizes por jogar juntas”, acrescentou.

Bronze duplo —Além dos títulos, o Brasil subiu ao pódio tanto com Evandro e Pedro Solberg quanto com Agatha e Bárbara. As duas duplas, assim como Larissa e Talita e Alison e Bruno Schmidt, estão confirmadas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Os oito atleta recebem a Bolsa Pódio do governo federal.

No masculino, Evandro e Pedro asseguraram seus lugares no pódio ao derrotar os holandeses Brouwer e Meeuwsen por 2 x 0, parciais de 21/19 e 21/14. Já Agatha e Bárbara travaram um duelo equilibrado com Bansley e Pavan. No fim, vantagem para as brasileiras, que venceram por 2 x 1 (22/20, 14/21 e 15/10) e ficaram com a medalha.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira