Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

19/09/2015 - 07:28

Fundo brasileiro propõe investimento em empresa Americana

A RJ Capital Partners, companhia de investimentos listada na Bovespa, acaba de divulgar um acordo para aumentar sua participação em 10% na Building Energy, empresa americana de tecnologia voltada para eficiência energética Building Energy. A carioca RJ Capital terá uma janela até o dia 31 de dezembro antes da empresa abrir sua rodada de Séria A nos Estados Unidos em janeiro do próximo ano.

No final de 2012, quando a Building Energy era uma startup na fase inicial de suas atividades, a RJ Capital foi uma das primeiras a investir na subscrição de capital da empresa, conta o diretor de relacionamento com investidores da RJ Capital, Ricardo Saab. Na ocasião, foram alocados US$ 1,6 milhão por 12,5% da companhia.

“Buscávamos um investimento voltado para sustentabilidade. Fomos apresentados à tecnologia da Building Energy e percebemos o potencial. Era um investimento de risco, afinal, a empresa estava apenas começando. Mas resultado está sendo muito positivo. Dois anos depois e com parcerias do calibre do Departamento de Energia do governo americano e da cidade de São Francisco, a Building Energy se consolidou como uma empresa de tecnologia de ponta voltada para eficiência energética, um segmento estratégico para o meio ambiente e para a economia mundial”, avalia o diretor.

Saab destaca as últimas contratações e parcerias da Building Energy. Uma delas é de Ross Reida como Diretor de Programas Financeiros. Com mais de 20 anos de experiência, mais recentemente na Crestmark Bank/TIP Capital, Reida é um renomado líder em projetar e implementar estratégias e soluções de provimento de capital. A outra contratação de peso foi de Cris Preston como vice-presidente de Vendas. Veterano da indústria de tecnologia, Preston tem experiência em liderar o aumento de escala em vendas de software, tanto no ambiente de inovação quanto de grandes empresas, incluindo uma linha de negócios de US$ 600 milhões na Microsoft.

Recentemente, também, a empresa anunciou uma parceria com a Allumia, líder no modelo de financiamento conhecido como ‘lighting-as-a-service’, que ofereceu uma linha de crédito de US$ 20 milhões para investir em projetos de eficiência energética qualificados pela plataforma Building Energy. Proprietários de prédios e provedores de serviços poderão identificar as melhores oportunidades através da tecnologia Building Energy, receber financiamento e acompanhar os resultados das novas medidas de eficiência, tudo em um único local.

Eficiência Energética —Hoje, apenas nos Estados Unidos, há um desperdício de mais de 50% da energia consumida entre os mais 6 milhões de prédios comerciais e industriais, gerando quase US$ 200 bilhões em custos desnecessários todos os anos. Apesar do potencial, o mercado é ineficiente e fragmentado. Existe uma grande dificuldade para proprietários de prédios encontrarem oportunidades para melhorarem a eficiência das instalações. Perdem, assim, real oportunidade para economizar e ainda aumentar o valor de mercado do edifício. Do lado dos prestadores de serviços o desafio é semelhante. São mais de 70 mil apenas naquele país, que lutam para achar novos clientes ou fortalecer a relação com os existentes. A plataforma desenvolvida pela Building Energy, empresa sediada em Portland, no estado de Oregon, estabelece, exatamente, uma ponte entre aqueles que pagam a fatura de energia elétrica, prestadores de serviços e agentes de financiamento para a implementação das mais variadas e necessárias medidas de eficiência energética.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: