Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/09/2015 - 08:13

A Alstom é a primeira fabricante a definir um indicador-chave de performance para eficiência energética

As autoridades públicas estão cada vez mais preocupadas com o impacto ambiental oferecido pelos meios de transporte – especialmente considerando que aproximadamente 23% das emissões mundiais de CO2 estão relacionadas à mobilidade urbana. E a mudança do transporte motorizado para o elétrico é vital para a engrenagem da sustentabilidade no setor.

O transporte ferroviário já é considerado um dos elementos mais importantes nos planos de eficiência energética. Globalmente, em 2011, o setor de transporte representou 27,6% de toda a energia usada e foi responsável por 22,7% das emissões globais totais de CO2 relacionadas à energia. As emissões mundiais de CO2 do setor de transporte aumentaram 53% entre os anos de 1990 e 2011. Neste contexto, o transporte ferroviário consome apenas 2,2% da energia final e é responsável por 3,3% das emissões de CO2 (incluindo emissões indiretas de energia) enquanto transporta 9% dos passageiros e cargas globais.

A Alstom é considerada a primeira fabricante a definir um indicador-chave de performance para essa questão e propôs uma meta de desempenho energético em suas soluções. A empresa está atualmente definindo um padrão de metodologias de medição de energia para garantir a consistência na coleta de dados e empregar simulações energéticas para soluções atuais e futuras. Essas metas serão propostas em suas soluções e operações. O comprometimento se baseia na redução do consumo de energia por suas soluções em 20% até 2020 (comparado aos níveis de 2014). Em suas operações, a intensidade energética deve ser reduzida em 10% nesse mesmo período.

Também foram definidas prioridades para a gestão ambiental, que inclui gestão de água, resíduos e energia. A intensidade energética de operações (por hora trabalhada) é rastreada, com um índice de redução de 18% registrado desde 2008.

Na Alemanha, a unidade de Salzgitter da Alstom implementou um extensivo plano envolvendo um sistema computadorizado de gestão, que monitora a recuperação de calor de compressores, compressores de velocidade variável e iluminação com LEDs. Na Itália, um comitê faz o controle de energia para rastrear o consumo de suas unidades e implementar um programa de melhoria. Na França, uma nova série de pesquisas aprofundadas de energia está sendo implementada para identificar oportunidades de avanço em outras áreas. As unidades da Alstom no Reino Unido estão sendo abastecidas com eletricidade verde, com emissões zero de carbono garantidas. E unidades na França e Bélgica consomem eletricidade certificada para garantir pelo menos um nível mínimo de conteúdo renovável na energia que utilizam. Isso será estendido a outras unidades no futuro.

Na Holanda, a Alstom teve sucesso na obtenção da certificação nível 5 (nível mais alto) na escala de performance de CO2 iniciada pela ProRail. Isso demonstra o melhor desempenho em emissões de CO2 nas operações da Alstom naquele país.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: