Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/09/2015 - 08:58

Programa de pecuária sustentável recebe EUR 11,5 milhões para reduzir o desmatamento no Brasil

Primeiro investimento internacional de apoio à carne sustentável livre de desmatamento.

Mato Grosso, Brasil— O Instituto Centro de Vida (ICV) anunciou que o Novo Campo,uma iniciativa de pecuária sustentável do estado de Mato Grosso, recebeu um investimento de EUR 11,5 milhões do fundo climático "Althelia Climate Fund" para apoiar os esforços do programa em busca de melhorar o desempenho econômico, social e ambiental das propriedades locais. Este é o primeiro investimento privado internacional feito em um programa dirigido à produção verificada e sustentável de carne livre de desmatamento no Brasil. O empréstimo apoiará a recém-estabelecida PECSA (Pecuária Sustentável da Amazônia), uma cisão com fins lucrativos do ICV que funcionará como empresa de assistência técnica, gestão e investimento e fornecerá suporte operacional à Novo Campo.

Milhões de hectares de florestas foram perdidos para a criação de gado na Amazônia brasileira nas últimas décadas, tornando do setor de carne um dos principais motores do desmatamento. Mas as terras desmatadas não foram bem geridas - pastagens e solos estão degradados, o abastecimento de água está ameaçado e a qualidade do produto não atende às expectativas do mercado. Iniciado pelo ICV em 2012, o Novo Campo tem parcerias com pecuaristas locais, atores da cadeia de fornecimento e instituições financeiras para recuperar terras degradadas, aumentar a produtividade, melhorar o bem-estar animal e a qualidade do produto e reduzir o desmatamento na cadeia de valor da carne.

O Novo Campo visa suprir a demanda a partir de empresas progressistas que se comprometeram a adquirir apenas carne sustentável livre de desmatamento, como parte de promessas como as do Consumer Goods Forum (Fórum de Bens de Consumo) e de iniciativas como as da Aliança de Florestais Tropicais. Ela também está alinhada com os padrões emergentes que estão sendo desenvolvidos pelas Mesas Redondas de Carne Sustentável globais e brasileiras, servindo como um importante laboratório para testar abordagens inovadoras.

A fase-piloto do programa, que foi realizada em 14 propriedades no Mato Grosso, testou um novo modelo de produção baseado na aplicação progressiva de Boas Práticas Agrícolas (BPA) na pecuária. Os resultados desta fase-piloto demonstraram a viabilidade do modelo com uma redução de um ano na idade de abate dos bovinos, com a triplicação da produtividade e com um aumento na qualidade do produto e no lucro. O ICV prevê que ao ampliar esta abordagem regionalmente enquanto se estabelece uma parceria público-privada jurisdicional para incentivar e garantir uma governança local melhor, esta iniciativa ajudará a reduzir a pressão sobre as florestas remanescentes ao mesmo tempo que expande a produção e fortalece a economia local.

"Somos gratos pela decisão da Althelia de investir no Novo Campo e na PECSA, pois demonstra que com um 'case' de negócios claro, é possível atrair financiamento em escala comercial para disseminar a pecuária sustentável na Amazônia", ponderou Renato Farias, diretor executivo do ICV. "O investimento produzirá impactos positivos significativos para o meio-ambiente e a economia da região”.

O fundo climático Althelia Climate Fund é gerido pela Althelia Ecosphere, uma empresa de gestão de ativos com sede em Londres e dedicada ao financiamento de transições em direção ao uso sustentável da terra e da preservação do ecossistema. Na qualidade de primeiro investidor internacional apoiando a estratégia da Novo Campo para enfrentar o desmatamento no setor pecuarista brasileiro, a Althelia ajudará a Pecsa a expandir o programa para aumentar a produtividade e evitar o desmatamento no norte do Mato Grosso. A Pecsa dará aos pecuaristas acesso às tecnologias e ao financiamento de que precisam para restaurar, inicialmente, 10 mil hectares de pastagens degradadas e para melhorar a gestão de 34 mil bovinos até 2016. Isso deve incentivar a participação de mais pecuaristas e atrair novos investimentos, tornando-se rapidamente uma peça de transformação em nível de paisagem e contribuindo para os objetivos de sustentabilidade de Mato Grosso e do Programa Estadual REDD+.

"O Novo Campo é uma abordagem muito necessária e comprovada para lidar com o desmatamento no setor de pecuária no Brasil", disse Juan Carlos Gonzalez-Aybar, diretor da Althelia para a América Latina. "Estamos honrados em ajudar a Pecsa a expandir o programa, e espero que outros parceiros reconheçam os benefícios financeiros e ambientais desse tipo de investimento e participem também."

Novo Campo —O Programa Campo Novo promove práticas sustentáveis em propriedades de pecuária na Amazônia, melhorando seu desempenho econômico, social e ambiental. Ao fazer isso, contribui para a redução do desmatamento, para a conservação ou recuperação de recursos naturais e para o fortalecimento da economia local.

O Instituto Centro de Vida (ICV), sediado no estado de Mato Grosso, constrói soluções compartilhadas para a sustentabilidade do uso da terra e dos recursos naturais. O trabalho visa conciliar as atividades agropecuárias e florestais com a conservação e recuperação dos ecossistemas naturais com base em estudos e análises, bem como em experiências práticas em campo, buscando sempre a participação ativa das partes interessadas locais.

A Althelia Ecosphere alinha a economia da terra com sua ecologia, financiando a transição para o uso sustentável da terra, criando novas riquezas ambientais que refletem o valor do capital natural. Os investimentos reduzem o desmatamento, mitigam as mudanças climáticas, protegem a biodiversidade e proporcionam uma vida justa e sustentável para as comunidades rurais por meio de atividades que também oferecem aos investidores retornos competitivos.

A Pecsa é uma empresa de assistência técnica e gestão pecuária com sede em Alta Floresta, no estado do Mato Grosso, que dá a pecuaristas da Amazônia acesso à tecnologia, finanças e mercados para a produção sustentável. Oferece modelos de negócio adaptados à situação de cada propriedade e aplicamos tecnologias modernas que trazem alto desempenho econômico, garantem a transparência na cadeia de produção e, ao mesmo tempo, conservam e restauram os solos, a água e as florestas.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: