Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/07/2015 - 08:16

Terminais operados pela Wilson Sons batem recorde nas operações de cabotagem


Dentre as principais cargas movimentadas estão arroz, móveis, polímeros e bebidas.

O primeiro semestre de 2015 se encerra com o sucesso das operações de cabotagem para os Terminais de Contêineres de Rio Grande e Salvador, operados pelo Grupo Wilson Sons. Os resultados apontam crescimento das operações de cabotagem das duas unidades. No Tecon Rio Grande, nos seis primeiros meses de 2015 foram movimentados 20.164 TEU e 15.630 contêineres, o que representa um crescimento de 10% e 7,39%, respectivamente, se comparado ao mesmo período do ano anterior.

O Tecon Salvador também apresenta uma marca de crescimento de 8% com a movimentação de 16.305 contêineres e 12%, se considerado a carga de 24.016 TEU. Nestes seis primeiros meses, o principal destino da cabotagem foi o Porto de Santos, tendo como principais produtos os químicos e petroquímicos. Juntos, representaram aumento de 11% em relação ao mesmo período de 2014.

Produtos— No Tecon Rio Grande, a principal carga movimentada nos seis primeiros meses deste ano foi o arroz, representando 79% do Mercado. O produto vem crescendo em importância para o terminal a partir do envio do grão produzido no estado gaúcho para as regiões Norte e Nordeste. Já quando se trata de descarga de produtos, foram movimentados 587 TEU, no primeiro semestre do ano passado, enquanto em 2015, a marca atingida pelo Terminal foi de 1.187 TEU.

Juntos, os mercados de móveis e bebidas também apresentam crescimento frente a 2014: 1.518 TEU em 2015 e 1.180 TEU no ano passado. “As cargas fracionadas, ou seja, uma remessa de mercadoria em quantidades menores que não ocupa toda a capacidade de um contêiner, vêm ganhando cada vez mais espaço, impulsionando o crescimento do modal no Tecon Rio Grande, que opera esse tipo de carga desde novembro de 2013”, reforça o vice-presidente da Wilson Sons Terminais e Logística, Sergio Fisher. Nestes seis primeiros meses foram movimentados 190 TEU de carga fracionada, enquanto no primeiro semestre do ano passado foram 132 TEU.

Já no Tecon Salvador, as principais movimentações da cabotagem continuam sendo as descargas de arroz provenientes do sul do país, polímeros e alimentos. Neste semestre, tais produtos tiveram um aumento de movimentação de 1%, 150% e 189%, respectivamente. “Outros produtos auxiliaram o Tecon Salvador a aumentar seu fluxo de cabotagem, dentre eles o embarque de bebidas da Heineken, que anteriormente era realizado pelo porto de Suape (PE) e que já representa 7% do total movimentado na cabotagem neste primeiro semestre”, completa Fisher.

O Tecon Rio Grande, no Estado do Rio Grande do Sul, é um dos mais importantes terminais de contêineres da América Latina. Empresa subsidiária do Grupo Wilson Sons, o Tecon está em atividade no Porto de Rio Grande desde 1997, quando venceu a licitação para administrar o terminal de contêineres. Neste período, vem operando as principais linhas de navegação que escalam o País. Tem cerca de três mil importadores e exportadores, tendo se tornado fundamental para o desenvolvimento econômico do Estado.

Tecon Salvador —Completando 15 anos de atuação em 2015, o Tecon Salvador é hoje uma das principais ferramentas de atração e retenção de investimentos para o Estado da Bahia. Possui uma área de 118 mil m², com capacidade para movimentar 530 mil TEU por ano. Graças aos investimentos iniciados em 2000, que já totalizam R$ 300 milhões, o terminal tornou-se apto a receber os maiores navios de contêineres do mundo, com um cais preferencial para cabotagem; mais de 600 tomadas para contêineres refrigerados, além de capacidade e know-how para operar cargas de projeto.

Perfil—O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, com mais de 175 anos de experiência. A companhia conta com uma rede de atuação nacional e presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica. As principais atividades do Grupo são divididas em dois sistemas – Portuário e logístico e Marítimo.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: