Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/07/2015 - 07:34

Mercosul: 24 anos de luta pela integração regional

Em 20 anos, comércio entre os países do Mercosul foi multiplicado por dez: passou de U$ 5,1 bilhões em 1991 para U$ 58,2 bilhões em 2012; depois da Venezuela, Bolívia será próximo país a integrar bloco econômico.

O Mercosul surgiu em 1991, como resultado dos esforços pela integração regional e expansão comercial de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Naquele ano, os quatro países assinaram o Tratado de Assunção. O histórico acordo estabeleceu as bases de uma política comercial comum e a eliminação progressiva de tarifas, abrindo novas oportunidades econômicas e sociais para os chamados Estados Partes e seus cidadãos.

24 anos depois, o bloco coleciona conquistas importantes para a região. O comércio entre os países do Mercosul foi multiplicado por dez: passou de U$ 5,1 bilhões em 1991 para U$ 58,2 bilhões em 2012. Enquanto isso, o comércio mundial cresceu cinco vezes. O Brasil também ampliou o comércio com o Mercosul em dez vezes no mesmo período. As tarifas para comércio entre os países do bloco hoje são praticamente nulas.

O bloco também tornou possível a união das cadeias produtivas de automóveis de Brasil e Argentina. Juntos, os dois países são o terceiro maior mercado global de automóveis, atrás da China e dos Estados Unidos. As exportações para a Argentina representaram, em 2013, 16% da produção brasileira de automóveis e 80% das exportações de veículos do Brasil.

Desde a criação do Mercosul, o bloco vem aperfeiçoando sua atuação para promover melhorias na vida dos cidadãos dos países da região, com a assinatura de acordos nas áreas de migração, trabalho, educação e intercâmbio cultural, entre outros.

Graças à integração promovida nas duas últimas décadas, cidadãos dos países membros não precisam de passaporte para viajar pela região e podem trabalhar e morar em qualquer um dos cinco países do bloco econômico. Também é possível, graças ao Acordo Multilateral de Seguridade Social, a trabalhadores migrantes contabilizar o tempo de serviço em outro país para acessar benefícios de seguridade social.

Na área de educação, vários acordos passaram a validar e revalidar diplomas, certificados e títulos nos níveis fundamental e técnico, além de cursos de pós-graduação.

Expansão —Com a Venezuela integrando o bloco desde 2012 e a iminente adesão da Bolívia, o Mercosul passa por um novo período de expansão, atuando cada vez mais em setores e dimensões que ultrapassam a esfera econômica. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, as iniciativas comuns do bloco abrangem atualmente as áreas de infraestrutura, telecomunicações, ciência e tecnologia, agricultura familiar, meio ambiente, cooperação fronteiriça, combate aos ilícitos transnacionais, políticas de gênero e direitos humanos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira