Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/07/2015 - 08:55

Dow e Rio 2016 lançam programa agricultura sustentável durante o congresso mundial de ILPF

Parte do Programa de Mitigação da Pegada de Carbono dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Programa Agricultura Sustentável vai maximizar a produtividade dos produtores do Estado de Mato Grosso por meio da agricultura de precisão.

Brasília—A Dow, em sua constante busca pelo progresso humano por meio da ciência e tecnologia, desenvolve e apoia uma série de iniciativas que endereçam os problemas globais de maneira sustentável. Em suas ações mais recentes, como Parceira Oficial de Carbono do Comitê Organizador Rio 2016, a Dow está engajada no programa de mitigação de emissões de gases de efeito estufa mais abrangente da história dos Jogos Olímpicos.

Em mais uma etapa deste projeto de sustentabilidade para os Jogos Rio 2016, a Dow está trabalhando com produtores rurais do Estado de Mato Grosso na disseminação de práticas agrícolas mais sustentáveis que vão contribuir para a mitigação da pegada de carbono do Comitê Organizador. O Projeto Agricultura Sustentável foi anunciado durante o Congresso Mundial sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(WCCLF, na sigla em inglês), onde a Dow participa com seu robusto pacote de soluções para sementes e proteção de cultivos, além de apresentar diversos programas e parcerias elaborados sob medida para atender às necessidades de cada região do Brasil.

Para implementar o programa Agricultura Sustentável, a Dow firmou parceria com a Farmers Edge, empresa líder mundial em agricultura de precisão, que, em conjunto com a Irriger, grupo brasileiro especializado em irrigação, oferecerá expertise e tecnologia em aplicação variável de nitrogênio para produtores de uma das mais importantes áreas agrícolas do Brasil. O projeto foi elaborado para otimizar a produtividade nas lavouras de soja e milho, além de contribuir diretamente na redução das emissões de gases de efeito estufa por meio da aplicação variável de fertilizantes.

“O objetivo é aumentar a produtividade nas lavouras por meio de práticas agrícolas mais sustentáveis e tecnologia de ponta, utilizando menos área e mitigando a emissão de carbono com a ajuda da agricultura de precisão”, afirma Welles Pascoal, presidente da Dow AgroSciences no Brasil. “Este programa está inteiramente alinhado à missão da Dow AgroSciences de colocar a ciência a serviço das necessidades de um mundo em crescimento por meio de tecnologias inovadoras para proteção de cultivos, sementes e biotecnologia.”

Os produtores que participam do projeto têm acesso a serviços e tecnologias como imagens de satélite, mapas de colheita de precisão, amostragem intensiva de solo e análises de laboratório, monitoramento de clima e revisão detalhada de planos de colheita com especialistas em aplicação variável de fertilizantes. Além disso, tecnologias exclusivas da Dow AgroSciences para sementes e proteção de cultivos estarão disponíveis para ajudar a otimizar a produção e aumentar a produtividade.

O trabalho com os produtores do Mato Grosso começou na preparação para a temporada de soja verão e vai continuar até o fim da colheita de milho de inverno (safrinha). As reduções nas emissões de carbono serão medidas com base no aumento da produtividade e na diminuição no uso de combustíveis e insumos agrícolas. Todos os benefícios climáticos gerados pelos produtores participantes serão aplicados na mitigação da pegada de carbono direta do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016.

“A agricultura desempenha um papel crucial na economia brasileira, mas também é uma das maiores fontes de emissões de carbono. Assim, as oportunidades para implementação de práticas mais sustentáveis são diversas”, afirma Tânia Braga, líder de Sustentabilidade e Legado do Comitê Organizador Rio 2016, que esteve presente ao WCCFF para falar sobre as ações e objetivos de sustentabilidade do Comitê. “O programa de mitigação de carbono implementado pela Dow e seus parceiros é um dos componentes mais importantes para o legado de sustentabilidade dos Jogos Rio 2016. A maneira como estamos trabalhando coletivamente para influenciar toda a cadeia de valor deve trazer benefícios para o Brasil que vão permanecer muito além do término dos Jogos.”

Após o sucesso do programa “Futuro Sustentável”, que mitigou a pegada de carbono do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014 em tempo recorde, a Dow foi escolhida como Parceiro Oficial de Carbono dos Jogos Rio 2016.

Com esse programa, a Dow visa a mitigar 500 mil toneladas de CO2 equivalentes (CO2eq) provenientes da organização e entrega dos Jogos Olímpicos por meio de reduções verificadas por especialistas externos. Dow e Rio 2016 ainda vão trabalhar para gerar benefícios climáticos adicionais de 1,5 milhão de CO2eq até 2026, destinados a outras emissões ligadas aos Jogos. [www.makeid.com.br/dow/dow0031_15l/01.png].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira