Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/07/2015 - 08:55

Brasil disputará sete finais no primeiro dia do Mundial Paralímpico de Natação

Brasília (DF) —O Brasil disputará sete finais no primeiro dia do Mundial Paralímpico de Natação, em Glasgow, na Escócia. A competição se estende até o dia 19 e é classificatória para os Jogos Paralímpicos Rio 2016. Dos oito atletas que nadaram no dia 13 de julho (segunda-feira), no Tollcross International Swimming Centre, apenas Ítalo Gomes, classe S7, não se classificou às finais.

O primeiro dia já pode render uma dobradinha para o Brasil na classe S10. Os nadadores Phelipe Rodrigues e Andre Brasil se classificaram, respectivamente, com o primeiro e o terceiro melhores tempos das eliminatórias dos 50m livre. Phelipe cravou o tempo de 23s89 e Andre fechou a distância em 24s36. Outro favorito que se classificou com facilidade foi Daniel Dias. O dono de 15 medalhas em Jogos Paralímpicos fechou a prova dos 50m costas, classe S5, em 37s41 e chegou à final com o segundo melhor tempo da bateria.

Na classe S13 (baixa visão), o representante do Brasil na final dos 50m livre será Carlos Farrenberg, o Carlão. O atleta chegará à disputa pela medalha com a moral em alta. Além de cravar o terceiro melhor tempo das eliminatórias, com 24s50, ainda quebrou o recorde das Américas na prova.

Na classe S11 (cego total), o Brasil terá representantes nas finais dos 100m livre tanto no masculino como no feminino. Matheus Rheine vai disputar a medalha com o segundo melhor tempo (1min00s55) entre os finalistas. A prova é a mesma em que o atleta foi medalhista de bronze em 2013, no Mundial de Montreal. Entre as mulheres, Regiane Nunes será a atleta brasileira na final da prova. Com 1min15s71, a nadadora fez a sexta melhor marca entre as que vão lutar por medalha na tarde de hoje.

Na classe S6, Talisson Glock nadou muito bem os 400m livre. O catarinense completou a distância em 5min16s75 e será o finalista da prova com o terceiro melhor tempo.

A última vaga em finais foi conquistada pela equipe de revezamento 4x50m livre misto 20 pontos. Ronystony Cordeiro, Susana Schnarndorf, Esthefany de Oliveria e Clodoaldo Silva fizeram o quinto melhor tempo das eliminatórias e colocaram o Brasil na disputa por medalhas da prova.

As provas estão sendo transmitidas ao vivo pelo site do Comitê Paralímpico Brasileiro (www.cpb.org.br). O Mundial Paralímpico de Natação conta com 571 atletas de 67 países. A delegação brasileira é formada por 23 nadadores. Na última edição da competição, em Montreal, em 2013, o Brasil ficou em sexto no quadro geral de medalhas, com 26 no total, sendo 11 de ouro, nove de prata e seis de bronze.

A participação da Seleção Brasileira de Natação do Mundial de Glasgow é custeada por um convênio entre o Ministério do Esporte e o Comitê Paralímpico Brasileiro.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira