Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

08/05/2015 - 08:27

Prysmian inova mais uma vez e apresenta o cabo elétrico mais seguro e sustentável do mercado


A família Afumex Green acaba de crescer incluindo cabos da classe de tensão 0,6/1kV (até 1.000V).

Alinhada com as principais frentes de desenvolvimento de tecnologias seguras, confiáveis e sustentáveis, a Prysmian, maior fabricante mundial de cabos elétricos e de telecomunicações, comprova mais uma vez seu pioneirismo e inovação expandindo a sua linha de cabos Afumex Green.

O novo componente da família, o Afumex Green 1kV (1.000 Volts), é agora o cabo mais seguro e sustentável do mercado. Este lançamento substitui, na sua isolação, o polietileno tradicional (derivado do petróleo) pelo biopolietileno (polietileno verde), material desenvolvido a partir da cana-de-açúcar, 100% renovável e com certificação internacional, reduzindo as emissões de CO2. Calcula-se que para cada tonelada de polietileno verde produzido são capturadas e fixadas, durante o cultivo da cana, mais de duas toneladas de gás carbônico da atmosfera.

Os cabos Afumex Green 1kV atendem as exigências das normas (NBR5410 e NBR13570) para instalações elétricas em locais com grande concentração de pessoas e, até mesmo, em ambientes confinados. Os cabos Afumex Green 1kV possuem cobertura (capa), ou seja, existe uma proteção adicional mecânica, visando a instalação de maneira mais abrangente, como diretamente enterrado, em bandejas abertas, em paredes tipo “dry-wall”, além dos tradicionais eletrodutos.

Os novos cabos “verdes” da Prysmian são utilizados para energizar máquinas, equipamentos e iluminação em geral, sendo aplicáveis em arenas e estádios, aeroportos, shoppings, bibliotecas, museus, cinemas, teatros, metrôs, data centers, hospitais, escolas, edifícios comerciais e residenciais.

“A preocupação com sustentabilidade está no DNA da Prysmian. Com este lançamento, aumentamos nossa gama de produtos “verdes”. Inovamos ao apresentar, há três anos, o primeiro cabo ecológico do mundo, o Afumex Green 750V. Agora, com a extensão da linha para o Afumex Green classe de tensão 0,6/1kV, seguimos com nosso compromisso de sempre oferecer ao mercado inovações tecnológicas no segmento de fios e cabos. O próximo passo é ampliar o uso do polietileno verde para famílias de cabos de concessionárias para distribuição de energia em redes aéreas e subterrâneas”, declara Humberto Duplat Paiva, diretor comercial da Prysmian.

A linha Afumex Green não propaga chama em caso de incêndios e tem baixa emissão de fumaça e gases tóxicos, o que a torna a mais segura do mercado. Além disso, é extra flexível, tem dupla camada, não possui chumbo e outros metais pesados, e é resistente a temperaturas de até 90°C, com marcação metro-a-metro.

“Cerca de 25% da comercialização dos cabos Afumex são das linhas 750V e 1kV. Com o lançamento do Green e com a ampliação do uso de produtos “verdes” de maneira geral, acreditamos que o crescimento das vendas será superior a 10% ao ano, atrelado à difusão do conceito de sustentabilidade, bem maior que os produtos tradicionais estimados em não mais que 2%”, diz Paiva.

Para apresentar ao mercado o novo Afumex Green, a Prysmian investiu R$ 10 milhões em Pesquisa & Desenvolvimento e em equipamentos para produção. A nova geração dos cabos será produzida nas fábricas de Sorocaba e Santo André (SP). A linha também será destinada para toda a América do Sul.

A produção da nova linha Afumex Green 1kV inicia-se em maio e em breve estará disponível nos estoques, através dos revendedores Prysmian. [www.afumexgreen.com ou [email protected]].

O Polietileno Verde —O biopolietileno verde, plástico verde ou PE Verde, são denominações para o Polietileno de Baixa Densidade Linear (LLDPE – Linear Low Density Polyethylene) feito a partir de origem renovável – etanol, e não oriundo do petróleo, como os polímeros comuns. A tecnologia inovadora foi desenvolvida a partir da cana-de-açúcar pela empresa brasileira Braskem, fornecedora da matéria-prima para a Prysmian.

A maior diferença do material, que visual e funcionalmente é idêntico ao plástico comum, está nas vantagens oferecidas ao meio ambiente, como a captura mais de 2t de CO2 da atmosfera para cada tonelada de polietileno produzido, contribuindo para a redução do efeito estufa.

A resina verde é produzida em escala comercial em fábrica instalada no Rio Grande do Sul. A matéria-prima utiliza etanol de cana de açúcar para produzir eteno, que é posteriormente transformado em polietileno, o tipo de plástico mais usado no mundo.

Grupo Prysmian—Com faturamento de aproximadamente € 6,8 bilhões em 2014, o Grupo Prysmian conta com 19 mil colaboradores, 91 fábricas e está presente em 50 países, com 17 centros de Pesquisa e Desenvolvimento na Europa, Estados Unidos e América do Sul.

Com três unidades de negócio – Energia (cabos aéreos, terrestres e submarinos para a transmissão e distribuição de energia elétrica), Telecomunicações (cabos e fibras ópticas para transmissão de dados, imagem e voz e cabos convencionais em cobre) e Petróleo (Umbilicais, Dutos Flexíveis de Produção e Cabos Especiais para plataformas e bombas submersas), o Grupo Prysmian está presente em todos os continentes.

No Brasil, com mais de 20% de market share, a empresa possui oito unidades fabris localizadas em Santo André e Sorocaba (quatro fábricas), em SP, Joinville, em SC, Vila Velha e Cariacica, no ES, além de dois centros de Pesquisa e Desenvolvimento. Conta com mais de 1.400 funcionários que são responsáveis pela produção de aproximadamente 80 mil toneladas de cabos por ano.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: