Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/04/2015 - 08:39

Energia eólica negocia 90MW no leilão de Fontes Alternativas - LFA 2015

O Leilão de Fontes Alternativas – LFA 2015, realizado no dia 27 de Abril de 2015(segunda-feira), exclusivamente para as Fontes Eolica e Biomassa, viabilizou a contratação de 96,9 MW médios e deste montante a fonte eólica contribuiu com a contração de 31% do total. A potência eólica total comercializada foi de 90 MW, ao preço médio de R$ 177,47/MWh e deságio de 0,85%.

Com resultados bem inferiores em termos de montante contratado, o certame representa o momento em que a indústria está vivendo e a conjuntura do mercado brasileiro. Vale lembrar que a partir de Janeiro de 2013, passaram a ser adotadas duas importantes regras para a indústria: o modelo de transmissão e o novo índice de nacionalização da indústria para fins de financiamento no BNDES, que atingem seu ápice de transição ao longo deste ano de 2015, e podem refletir nas decisões dos investidores nos vários certames programados para este ano.

Para a presidente executiva da ABEEólica, Elbia Gannoum, o resultado é parte da maturidade da indústria eólica e as opções de contratação no momento presente. Com os A-3 e o 2º LER já agendados para este ano, é razoável supor que os investidores vão optar por um prazo de entrega mais extensos, destaca.

Com a potência de 90 MW, a fonte eólica será responsável pela aplicação de R$ 405 milhões em investimentos e produção de, em média, 45 aerogeradores e 135 novas pás. Esse volume de energia será capaz de abastecer cerca de 180 mil residências mensalmente e evitar mais de 185 mil toneladas de CO2, por ano. Além disso, a capacidade viabilizada poderá criar mais de 1300 postos de trabalho.

“A grande questão deste leilão é a disponibilidade de pontos de conexão para os parques e a efetiva capacidade de escoamento desta energia, o que torna os prazos muito justos para a entrega da energia contratada. Ademais, haverá outros certames em condições mais favoráveis o que faz com que os empreendedores reservem seus projetos para uma situação de prazos maiores e portanto, de riscos menores, declara a executiva.

O LFA 2015 objetivou a contratação de energia proveniente de empreendimentos de geração a partir das fontes eólica e biomassa. O início do suprimento de energia será a partir de 1º de janeiro de 2016 para empreendimentos termelétricos a biomassa, novos ou existentes, e 1º de julho de 2017 para novos empreendimentos a partir de fontes termelétrica a biomassa e eólica.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: