Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

25/02/2015 - 07:49

Rio de Janeiro terá três 'Live Sites' abertos ao público durante os Jogos 2016


O prefeito Eduardo Paes anunciou no dai 24 de fevereiro(terça-feira), que o Rio terá pelo menos três grandes espaços para eventos gratuitos abertos ao público durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Os 'Live Sites' (como essas áreas são chamadas nas Olimpíadas) deverão ser instalados na Região Portuária, onde antes ficava o Elevado da Perimetral, entre a Praça XV e o Armazém 7; no Parque Madureira, na Zona Norte; e no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande.

— A gente já viu algumas ideias e tenho certeza de que vai ser um sucesso. Esse do Centro, que estamos chamando de Boulevard Olímpico, é muito importante, porque na verdade é o centro da Região Metropolitana, e vai atrair cariocas e turistas que não têm ingresso para ver os Jogos. O Rio vai ter uma série de provas de rua, que as pessoas vão poder ver de graça, mas também queremos fazer do "Live Site" um grande estádio, com pelo menos três shows acontecendo. Vai ser um grande espaço!

O modelo será parecido com o que Copacabana recebeu durante a Copa do Mundo, com o Fifa Fan Fest, exibindo competições em telões e shows de artistas convidados. O público-alvo são cariocas e turistas que não tiverem ingresso para acompanhar o evento. A RioTur está realizando uma chamada pública para apresentação de propostas.

O anúncio foi feito após a sessão de abertura da oitava visita oficial da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (CoCom) ao Rio, na manhã do dia 24 de fevereiro(terça-feira). Presidida pela marroquina Nawal El Moutawakel, a comissão está na cidade para acompanhar a preparação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, com a missão de assegurar que a Carta Olímpica e o Contrato da Cidade-Sede sejam cumpridos.

Até esta quarta-feira [25/02], quando se encerra a visita dos membros do COI, serão realizadas reuniões para debater o andamento da organização do evento no que diz respeito a áreas como operações de mídia, serviços aos espectadores, eventos-testes, marketing, Jogos Paralímpicos, instalações esportivas e acomodações. Na tarde de ontem, a comitiva visitou as instalações do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, considerado o "coração dos Jogos". No local, puderam ver de perto o avanço das obras dos ginásios de taekwondo, esgrima, e handebol, entre outros equipamentos. A próxima visita da Comissão ao Rio de Janeiro ocorrerá no segundo semestre.

Paes avaliou positivamente as reuniões, e disse que atualmente os membros do COI estão se detendo em detalhes operacionais sobre a organização dos Jogos: — Estamos, agora, na fase operacional dos Jogos Olímpicos. A gente trata desde as acomodações à venda de ingressos, passando pelo status das obras. O interessante é que eles têm uma preocupação não só com os estádios e com o evento. Eles querem saber como é que está o BRT (Bus Rapid Transit), as obras do Porto Maravilha, etc.. E isso é muito importante porque é essa preocupação com o legado que é a grande marca dessas Olimpíadas - disse o prefeito, acrescentando que a cidade já bateu a meta de oito mil quartos de hotel a mais prometida durante a campanha olímpica e que, em 2016, a cidade vai apresentar 37 mil quartos, 17 mil a mais do que tinha em 2009.

Os Jogos Olímpicos acontecem de 5 a 21 de agosto de 2016. Durante 17 dias, serão realizadas 306 provas (136 femininas, 161 masculinas e nove mistas), reunindo 10.500 atletas de 205 países. Serão disputadas 42 modalidades, entre futebol, vôlei, basquete, judô, natação, ginástica artística, triatlo, hipismo, ciclismo BMX, boxe, vela, canoagem slalom e remo.

Já os Jogos Paralímpicos serão realizados de 7 a 18 de setembro, com a participação de 4.350 atletas de 176 países. Em 12 dias de evento, serão disputadas 528 provas (226 femininas, 264 masculinas e 38 mistas) de 23 modalidades, como rugby em cadeira de rodas, judô, natação, hipismo, atletismo, paratriatlo e tiro com arco.

Serão disponibilizados 7,5 milhões de ingressos para os Jogos Olímpicos e 1,8 milhão para os Jogos Paralímpicos. O Programa de Ingressos foi lançado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 em janeiro. O valor mínimo é de R$ 20 – a meia entrada para modalidades como futebol e levantamento de peso – e 3,8 milhões de ingressos custam até R$ 70. Os oferecidos no Brasil só podem ser comprados por quem for maior de 18 anos, tiver CPF e endereço fixo no país. | Flávia David.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira