Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/02/2015 - 09:07

A Fundição ferveu: ‘Adoro celulite’ é a grande campeã do 10º Concurso de Marchinhas

O Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas tem a segunda campeã pernambucana de sua história: a marchinha Adoro celulite (Jota Michiles e Gustavo Krause), que conquistou neste domingo o prêmio Cidade Maravilhosa ao ser escolhida a melhor de 2015 por 50% dos internautas que votaram no sítio virtual do programa Fantástico. Em segundo lugar ficou a Marchinha literária, concorrente carioca do compositor Roni Valk, que teve 37% dos votos. A terceira colocação ficou com a paulista Fucei seu feice (Paulo Padilha), que teve a preferência de 13% dos votantes. Esta é a segunda vez que o primeiro prêmio do Concurso de Marchinhas vai para Recife, que em 2012 venceu o certame com Papagaio no arame (Fábio Simões).

A vitória da concorrente pernambucana – brilhantemente interpretada pelo forrozeiro Marcelo Mimoso, com arranjo de Luiz Brasil – rende a seus compositores o troféu Cidade Maravilhosa e mais o prêmio de R$ 15 mil. Já o vice-campeão Roni Valk, que cantou sua Marchinha literária (arranjada por Alice Passos), levou R$ 8 mil, e o 3º colocado Paulo Padilha – intérprete de Fucei seu feice ao lado da cantora Suzana Salles (com arranjo de Alexandre Caldi) – ficou com R$ 4 mil.

Outra nota pitoresca foi a escolha da Marchinha literária como preferida entre os participantes do Big Brother Brasil 15, da Rede Globo. A composição de Roni Valk foi eleita pelos participantes do reality show por unanimidade e levou o troféu BBB, conforme anunciado pelo apresentador Pedro Bial durante o Fantástico.

As melhores marchinhas do carnaval 2015 -Com direção e produção musical de Marcelo Bernardes, o disco “As melhores marchinhas do carnaval 2015” (Som Livre/ Fundição Progresso) traz, além das marchinhas concorrentes interpretadas por nomes como Alfredo Del Penho e Pedro Paulo Malta, algumas canções-declaração de amor ao Rio de Janeiro, que completa 450 anos e é o homenageado do concurso este ano. A primeira delas é “Cidade Maravilhosa”, de André Filho, marcha que se tornou hino oficial do município e foi gravada pela primeira vez há 80 anos. O novo registro foi feito nas vozes de Cauê Nardi, Clarice Magalhães, Lali Maia, Leandro Vasques, Mariana Bernardes e Matias Correa, que formam o coro da Banda Fundição.

Outro primor do álbum é “Primavera no Rio”, de Braguinha (faixa 12), com Nina Wirtti: “O Rio amanheceu cantando/ toda cidade amanheceu em flor/ e os namorados vêm pra rua em bando/ porque a primavera é a estação do amor”. “Cidade Mulher” de Noel Rosa (faixa 13), ganhou a voz de Pedrinho Miranda. A música retrata o delicioso orgulho carioca por sua “cidade mais bela que outra qualquer”, talvez com um pequeno exagero: “cidade sem amor e sem pecado/ foi juntinho ao corcovado/ que Jesus Cristo nasceu”.

As dez marchinhas finalistas foram selecionadas entre 1.339 músicas vindas de todo o Brasil. No disco, ganharam versões caprichadas da Banda Fundição e arranjos de grandes instrumentistas. São elas: “Fucei seu feice", de Paulo Padilha (São Paulo); Coração de Carnaval, de Paulo Sá e Leo Almeida (Brasília); Marchinha Literária, de Roni Valk (Rio de Janeiro); “Mamãe eu quero ser, papai não deixa”, de Leo Santos (Manaus); Adoro celulite, de Jota Michelis e Gustavo Krause (Recife); Quarta de Cinzas, de Valéria Cássia Pisauro e Guilherme Lamas (Campinas); Chiclete, de Chico Alves (Rio de Janeiro);“Vai virar corno”, de Caio Martinez e Fernando Leitzke (Porto Alegre); Japa, de Sergio Turcão e Jica Thomé (São Paulo); Na tua presença, de Miguel Arruda e Sergio Arruda (Londrina).

O concurso -Compositores do Rio de Janeiro, Manaus, São Paulo, Recife, Porto Alegre, Brasília e Campinas disputaram o Prêmio Cidade Maravilhosa nesta 10a edição do Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas da Fundição Progresso.

Idealizado por Perfeito Fortuna, agitador cultural, ator e presidente da Fundição Progresso, o concurso foi lançado em 2005 e é considerado um marco na revitalização do carnaval de rua do Rio de Janeiro e do país. A partir de sua criação, mais de 10 mil composições foram inscritas na disputa, vindas de todos os Estados brasileiros.

O Concurso Nacional de Marchinhas da Fundição Progresso é patrocinado pela Petrobras, pelo Governo do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro; pelo Metrô Rio, LAMSA, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura. O projeto conta com as parcerias do programa Fantástico- TV Globo, Som Livre e Comitê Rio 450 Anos e apoio do Instituto Ivepar.

Fundição Progresso - Localizada em um prédio histórico de uma antiga fábrica de objetos de ferro desativada nos anos 70, a Fundição Progresso abriga a vanguarda da cultura carioca, servindo de quartel-general pra inúmeros e consagrados grupos culturais das mais variadas vertentes artísticas. Tornou-se um dos principais centros culturais do Brasil e o maior da Lapa, recebendo também grandes shows e eventos nacionais e internacionais em sua arena, que comporta até 5 mil pessoas. A partir da criação do concurso de marchinhas passou a ter papel de destaque no carnaval de rua carioca, realizando desfiles de rua, o carnaval oficial da Lapa, além dos eventos do concurso e ensaios de alguns dos maiores blocos carnavalescos do Rio, como Monobloco, Bangalafumenga e Rio Maracatu.

O disco “As melhores marchinhas do carnaval 2015” (Som Livre/ Fundição Progresso) está disponível nas lojas físicas e para compra nas plataformas digitais: iTunes – som.li/1BwjBsO | Deezer – som.li/1BA04Yg | Spotify – som.li/17cNV2n.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: