Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/11/2014 - 06:05

Perdas de energia da Light reduzem 0,6 pontos percentuais

Receita líquida é 1,5% maior que a registrada no mesmo período em 2013. Investimentos da Light aumentam 30% em relação ao terceiro trimestre do ano passado.

O resultado do terceiro trimestre de 2014 da Light S. A., holding que atua nos segmentos de distribuição, geração e comercialização de energia elétrica, foi fortemente influenciado pelo aumento do custo da energia comprada, causado pela longa estiagem e baixo nível de armazenamento nos reservatórios das usinas hidrelétricas da região Sudeste, que exigiram o acionamento, na maior parte do tempo, de usinas termoelétricas, de maior custo.

O consumo total de energia da distribuidora, entre julho e setembro de 2014, foi 1,8% inferior ao mesmo trimestre do ano passado, somando 5.931 GWh. O resultado foi influenciado, principalmente, pelo decréscimo de 13% no segmento industrial.

A Receita Líquida da Light consolidada no terceiro trimestre de 2014 totalizou R$ 1.581,1 milhões, aumento de 1,5% sobre a receita registrada no 3T13. No entanto, a companhia apresentou, no resultado consolidado do período, prejuízo de R$ 53,1 milhões.

Já o Ebitda consolidado foi de R$ 183,6 milhões, 74,6% inferior ao realizado no 3T13, também explicado pelo maior gasto com compra de energia e pelo resultado do terceiro trimestre de 2013, que foi fortemente influenciado por um aporte extraordinário de recursos da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), como tentativa de mitigar parte do alto custo da energia comprada.

Redução de Perdas -As perdas não-técnicas sobre o mercado de baixa tensão apresentaram um decréscimo de 0,6 pontos percentuais (p.p.), nos últimos 12 meses, em relação ao mesmo período encerrado em junho de 2014, chegando a 41,3% da energia faturada neste segmento. As perdas totais da Light, calculadas sobre a carga-fio, apresentaram, por sua vez, um decréscimo de 0,1 p.p. em relação ao último trimestre, chegando a 15,7% em setembro de 2014.

Para continuar reduzindo este índice, a Light vem investindo tanto em processos convencionais de inspeções de fraudes, quanto na modernização da rede e em sistemas de medição. Foram feitas 17.348 normalizações de clientes, 4,8% a mais do que o realizado no terceiro trimestre de 2013. Essas atividades proporcionaram, nos primeiros nove meses de 2014, um montante de 103,7 GWh em energia recuperada e de 175,3 GWh em energia incorporada, o que equivaleria, por exemplo, a um crescimento de 4%, aproximadamente, no consumo faturado no segmento residencial.

Dando continuidade ao Projeto de Smart Grid, que prevê a instalação de dispositivos inteligentes na rede de distribuição de energia, o número total de medidores eletrônicos instalados chegou a 570 mil, um incremento de 160 mil unidades em relação ao fechamento do terceiro trimestre do ano anterior.

No Projeto Light Legal, que consiste em selecionar pequenas áreas de 10 a 20 mil clientes onde atuam microempresas voltadas exclusivamente para a melhoria dos indicadores de perdas e inadimplência, a companhia de energia chegou a 29 áreas atendidas, abrangendo 511 mil clientes. Desde o início do projeto, as áreas já inauguradas vêm apresentando uma redução média de perdas não-técnicas, sobre o faturamento de baixa tensão, de 29,0 p.p., e um aumento médio na arrecadação de 8,0 p.p.

A taxa de arrecadação do trimestre chegou a 102% do faturamento, 4,1 p.p. acima do índice observado entre julho e setembro de 2013, considerando o recebimento de contas atrasadas.

Investimentos - No terceiro trimestre de 2014, o total investido pela Light somou R$ 629,5 milhões, 30,5% acima do aplicado no mesmo período de 2013. O segmento de distribuição concentrou o maior volume, R$ 575,3 milhões, com destaque para a expansão da rede de distribuição e aumento de sua robustez, trazendo melhorias na qualidade do fornecimento de energia, e também para o projeto de combate às perdas de energia.[http://ri.light.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: