Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

29/10/2014 - 08:46

Coelce alcança 3,58 milhões de clientes em setembro de 2014

Número de clientes é 3,5% superior ao verificado em setembro de 2013. Vendas e transporte de energia nos primeiros nove meses deste ano aumentaram 5% em relação ao mesmo período de 2013.

Fortaleza– Ao final de setembro de 2014, a companhia alcançou 3.586.064 clientes, 3,5% a mais do que os 3.465.367 clientes que contava em setembro de 2013. Dos cerca de 120 mil novos clientes conectados de setembro de 2013 a setembro de 2014, mais de 84 mil são da classe residencial.

As vendas e transporte de energia nos primeiros nove meses deste ano chegaram à 8.285 GWh, 5% a mais do que no mesmo período de 2013. Este aumento deve-se, principalmente, ao maior número de clientes e ao maior consumo de energia per capita no mercado cativo que alcançou 2.240 KWh/consumidor, equivalente a uma alta de 2,6% em relação aos primeiros nove meses de 2013.

A Coelce investiu R$ 194,35 milhões no acumulado de janeiro a setembro de 2014, um acréscimo de 1,3% em relação aos R$ 191,89 milhões investidos no mesmo período de 2013, sendo que 54% desse valor foi direcionado a conexões de novos clientes.

Resultados econômico-financeiros -De janeiro a setembro de 2014, a receita da Coelce foi de R$ 3,1 bilhões, um crescimento de 14,3% em relação a igual período de 2013. Esse aumento das receitas é decorrente em grande parte do aumento do consumo de energia de 6,3% no mesmo período no mercado cativo e do reajuste tarifário aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em abril de 2014.

Os custos e despesas operacionais alcançaram R$ 2,18 bilhões nos primeiros nove meses de 2014, valor 17,7% superior ao mesmo período de 2013. Essa alta reflete os maiores custos com a compra de energia, em função, principalmente, do aumento do preço da energia no mercado de curto prazo e do acionamento das usinas térmicas, em decorrência da situação hidrológica desfavorável no Brasil.

No acumulado de janeiro a setembro de 2014, o Ebitda da Coelce chegou a R$ 324,75 milhões, praticamente estável em relação aos R$ 323,71 milhões registrados no mesmo período de 2013. Este resultado foi possível graças as maiores receitas registradas nos primeiros nove meses de 2014 e à implementação das medidas de auxilio às empresas de distribuição introduzidas pelo governo federal através dos decretos 8,203/14 e 8,221/14 (promulgados, respectivamente em março e abril de 2014). Estas medidas tiveram um impacto positivo de R$ 348 milhões no Ebitda de Coelce. As maiores receitas e o impacto positivo das mediadas federais compensaram parcialmente a alta nos custos com a compra de energia registrada no período.

O lucro líquido da Coelce de janeiro a setembro de 2014 ficou em R$ 88,63 milhões, redução de 41,1% em comparação com os R$ 150,6 milhões registrados nos primeiros nove meses de 2013. A redução no lucro foi resultado, principalmente, dos maiores custos com a compra de energia mencionados acima e de ajustes contábeis relacionados a atualização da metodologia de estimativa do ativo indenizável.

Perfil - A Coelce, empresa do Grupo Enel, é responsável pela distribuição de energia elétrica em todo o Estado do Ceará, em uma área de 149 mil quilômetros quadrados em 184 municípios. A empresa conta atualmente com 108 subestações espalhadas por todo o Estado. Referente às linhas de rede, a companhia conta hoje com: 4.990 km de linhas de alta tensão, 82.244 km de média tensão e 48.951 km de baixa tensão. [www.coelce.com.br/ri].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: