Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/09/2014 - 07:57

Linha de transmissão no Paraná entra em operação

Investimento de R$ 80 milhões reforça sistema na região Oeste.

A linha de transmissão Cascavel Oeste – Umuarama, com 144 km de extensão e que atravessa dez municípios na região Oeste do Paraná, entrou em operação no último final de semana. A energização ocorreu em duas fases. No sábado [30/08], foi sincronizado ao Sistema Interligado Nacional (SIN) o trecho entre as Subestações Umuarama e Cascavel Norte. Já no domingo [31/08], entrou em operação o trecho compreendido entre as subestações Cascavel Oeste e Cascavel Norte.

A linha, construída em tensão de 230 kV, melhora o fluxo de transmissão da energia na região, além de garantir mais confiabilidade e segurança ao sistema. A conclusão da linha também reforça a interligação Sul-Sudeste, tão importante para o fornecimento de eletricidade à região que registra o maior consumo de energia do País. Outro ponto importante é que a linha fecha um anel de fornecimento, o que garante que a transmissão possa vir de diversos sentidos.

As 367 torres de transmissão da linha estão distribuídas pelos municípios de Alto Piquiri, Cafelândia, Cascavel, Formosa do Oeste, Iracema do Oeste, Jesuítas, Nova Aurora, Perobal, Santa Tereza do Oeste e Umuarama. As estruturas ajudam a compor a infraestrutura que oferece condições adequadas para a atração de investimentos no Oeste do Estado, em especial em Cascavel, Umuarama e Guaíra.

A linha Cascavel Oeste – Umuarama foi construída pela Sociedade de Propósito Específico (SPE) Costa Oeste Energia, formada por Copel (51%) e Eletrosul (49%). O empreendimento, que também incluiu a ampliação da Subestação Cascavel Oeste e a construção da subestação Umuarama Sul, foi conquistado no leilão de transmissão da Aneel 004/2011. O contrato de concessão é de 30 anos.

A Subestação Umuarama Sul entrou em operação no dia 27 de julho. A nova instalação em 230/138 kV tem capacidade de transformação de 300 MVA. São dois transformadores, cada um com potência de 150 MVA. O empreendimento recebe e retransmite energia a outras subestações da região, aliviando a carga na rede local. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 80 milhões nos empreendimentos, e gerados quase 400 empregos durante a fase de construção. [www.eletrosul.gov.br ].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira