Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/08/2014 - 07:51

Eletrobras paga R$ 452 milhões de dívida com Petrobras

São Paulo - A Eletrobras pagará no dia 22 de agosto (sexta-feira), a dívida de 452 milhões de reais que duas de suas distribuidoras têm com a Petrobras por compra de combustível, de um total de cerca de 7,2 bilhões cobrados pela estatal de petróleo.

Para resolver o restante da dívida, a Eletrobras formou dois grupos de trabalho, disse o diretor financeiro da Eletrobras, Armando Casado de Araújo a jornalistas no dia 21 de janeiro (quinta-feira).

Do volume total da dívida do grupo Eletrobras com a Petrobras, cerca de 1 bilhão serão pagos em 85 parcelas. Outros 1,9 bilhão foram parcelados em 20 vezes, sendo que três parcelas já foram pagas.

A Eletrobras se reunirá com a Petrobras na semana que vem sobre um valor controverso de 1,7 bilhão de reais mas essa parte ainda terá também que passar por discussão com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ANP.

Isso ocorre porque as discussões sobre a divida passam por diferença do preço do óleo combustível considerados pela ANP e Petrobras, eficiência das usinas, e em ultima instância, a divida pode até sair da responsabilidade da Eletrobras e recair para ser coberta pela Conta de Consumo de Combustíveis (CCC).

A conta CCC é alimentada por recursos cobrados dos consumidores. Uma necessidade de recursos para cobrir essa dívida com a Petrobras teria que vir de aumento na tarifa de energia ou um aporte do Tesouro Nacional na CCC.

"Tem que ter um reconhecimento desses valores para saber de quem é a dívida. As equipes já estão reunidas, semana que vem tem uma reunião do grupo de trabalho", disse Casado.

Ainda há uma dívida de cerca de 2,5 bilhões de reais da Companhia de Gás do Amazonas (Cigas) por construção do gasoduto e gás no Norte, a qual está sendo discutida por um grupo de trabalho com representantes das empresas.| Anna Flávia Rochas/Reuters.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: