Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/08/2014 - 07:24

Libra Terminais Santos será a maior operadora de cargas asiáticas do País


Empresa é vencedora de concorrência de uma das principais rotas que liga o Brasil ao Extremo Oriente.

A Libra Terminais Santos foi escolhida para operar uma das maiores rotas internacionais em volume de carga, que liga o mercado Asiático ao Brasil. O serviço é composto por nove dos maiores armadores do mundo (Maersk Line, Safmarine, Hamburg Süd, CSAV, CMA-CGM, China Shipping Container Lines, Hanjin, CCNI e Hapag Lloyd) e tem vigência de dois anos. Com o contrato, a Libra Terminais Santos passa a ser a maior operadora de cargas do Extremo Oriente no país.

O Grupo já atende uma linha da gigante japonesa MOL (Mitsui O.S.K. Lines), e que também liga a Ásia e a América do Sul. “Essa conquista tem relação direta com o alto nível de produtividade alcançado pelo Terminal Libra no Porto de Santos, que tem batidos sucessivos recordes de sul-americanos de produtividade em movimentos por hora (MPH), e também de investimentos em Infraestrutura, Pessoas, Processos e Tecnologia que vêm sendo intensificados nos últimos três anos”, explica Marcelo Araujo, presidente do Grupo Libra. “A escolha mostra que a Libra está no nível dos principais players mundiais e oferece serviços de classe internacional”, completa.

Um comitê de representantes das empresas aprovou a Libra Terminais Santos por unanimidade em função da excelência operacional demonstrada pela empresa, que tem oferecido serviços de alta confiabilidade. Foram seis recordes de movimentação de contêineres neste ano. O último foi no dia 03 de junho, quando superou seu próprio recorde sul-americano de movimentos por hora, com 184,3 MPH.

A rota que será atendida pela Libra Terminais Santos conta com 11 dos maiores navios operados na América do Sul, com escalas semanais no Porto de Santos. Serão recebidas cargas de importação dos seguintes portos: Busan (Coreia do Sul), Shanghai (China), Ningbo (China), Yantian (China), Hong Kong (China), Tanjung Pelepas (Malásia), Cingapura (Península Malaia). Já as exportações brasileiras embarcarão por Sepetiba (Rio de Janeiro), Santos (São Paulo), Itapoá (Santa Catarina), Itajaí (Santa Catarina) e Paranaguá (Paraná).

Investimentos - A concorrência, da qual participaram os principais operadores portuários de Santos, começou em abril e envolveu diversas análises operacionais e comerciais. A preparação da Unidade Libra Terminais Santos teve início há três anos tendo em vista o novo cenário de concorrência no porto, durante os quais foram feitos investimentos de R$ 123 milhões.

Os investimentos incluem novos processos, ferramentas e sistemas, além de treinamento técnico intensivo de todos os operadores, com incremento significativo da disponibilidade de equipamentos por meio do programa de manutenção preventiva.

Além disso, os sucessivos recordes de produtividade estão diretamente ligados ao planejamento e à integração com a equipe de clientes. As reuniões e os processos de planejamento estão sendo realizados com disciplina, obtendo uma melhor utilização de equipamentos e controle de fluxos, bem como ocupação de pátio. “Para completar esse processo, é imprescindível a parceria com os armadores para um planejamento eficiente de navios, favorecendo o ganho de produtividade”, conclui Araujo.

Grupo Libra -Um dos maiores players brasileiros em operação portuária e logística de comércio exterior e primeiro operador privado de contêineres no País, o Grupo Libra é um diversificado conglomerado empresarial com quase 70 anos de experiência, dividido em quatro unidades de negócios – Libra Terminais, Libra Logística, Libra Aeroportos e Libra Participações, que reúnem negócios diversificados.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: