Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/07/2014 - 08:42

Os países dos BRICS devem ter uma política explícita sobre cooperação internacional

Calcada no debate público e apoiada por fortes recursos institucionais.

Apesar de reivindicar uma agenda de reformas e democratização na arena internacional, o trabalho dos BRICS é marcado por uma ausência quase absoluta de discussão pública sobre posições e estratégias. É urgentemente necessário que os países do bloco garantam que política externa se transforme em política pública. No contexto da proposta do Banco, o desafio é harmonizar as abordagens sobre cooperação internacional e investimentos entre os países do bloco, assegurando ao mesmo tempo que o compromisso da cooperação Sul-Sul e as normas globais de direitos humanos, justiça social e ambiental sejam acordados e o seu cumprimento efetivamente verificado no processo. As estruturas de cooperação e desenvolvimento regionais – tais como Consenso e Posição Africana sobre Eficácia do Desenvolvimento e Posição Comum Africana sobre a Agenda do Desenvolvimento Pós-2015 – devem também ser reconhecidas e integradas a esse contexto. Além disso, o Banco proposto deve obrigar que os países membros se comprometam a desenvolver capacidades institucionais competentes e coerentes entre si. Uma diretriz comum para orientar objetivos e resultados operacionais, assim como mecanismos bem estabelecidos para planejamento, análise e intercâmbio de lições, conhecimentos especializados e inovações são essenciais para que o Banco dos BRICS opere de maneira eficaz e sustentável. [www.oxfam.org].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira