Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

10/06/2014 - 10:10

Nestlé usa borra de café para gerar 25% da energia da fábrica de Araras (SP)

Resultante do processo produtivo de Nescafé® solúvel, o material gera vapor para alimentar as principais áreas da Unidade.

A fábrica da Nestlé localizada em Araras (SP) abriga um importante projeto para o uso de recursos energéticos sustentáveis. A unidade fabril é responsável pela produção de café solúvel Nescafé®, que tem como subproduto a borra de café - como o pó que fica no coador após o preparo da bebida pelo processo tradicionalmente utilizado por milhões de brasileiros.

Atualmente, 97% da borra gerada no processo de fabricação de Nescafé® é utilizada como biomassa para a geração de vapor. A borra é prensada para reduzir a umidade presente no material e armazenada em um silo, onde é misturada a cavacos de madeira. Este “mix” é enviado para a queima em uma caldeira onde ocorre a geração de vapor para a alimentação das principais áreas da fábrica. O restante da borra de café é utilizada em um processo de compostagem e transformada em fertilizante orgânico.

Com o processo, a empresa gera 25% da energia total consumida na fábrica, incluindo a energia elétrica. Apenas para se ter uma ideia da grandeza da economia, a fábrica de Araras consome aproximadamente 40% de toda a energia utilizada pela Nestlé no Brasil.

Nescafé® - Primeiro café solúvel do mundo, Nescafé® nasceu como uma solução desenvolvida pela Nestlé para prolongar a durabilidade do excedente da produção cafeeira no Brasil. Com 75 anos de história, Nescafé® conta atualmente com um portfólio completo de cafés solúveis para diferentes preferências em todo o mundo, com mais de quatro mil xícaras de diferentes produtos consumidas a cada segundo. Hoje Nescafé® é líder mundial no mercado de cafés e a marca mais valiosa da Nestlé no mundo. No Brasil, é líder absoluta no mercado de café solúvel.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: