Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

07/06/2014 - 09:22

Audi AG: vendas nos EUA impulsionam crescimento global em maio


Cerca de 152.000 veículos entregues em todo o mundo - um aumento de 10,8 por cento. Diretor de vendas Luca de Meo: "Alta demanda pelos eficientes modelos ultra". O esportivo S1 chega ao mercado na Europa.

Ingolstadt - A Audi AG superou novamente seu total de vendas em maio, em relação ao mês anterior. Em todo o mundo, cerca de 152.000 clientes optaram por um modelo Audi durante o mês passado, 10,8% mais do que em maio de 2013. O A3 (+ 42,9%), o Q3 (+20,8%) e a categoria full-size, com o A6 (+ 9,7%) foram os modelos que mais contribuíram para o sucesso das vendas. Desde o começo do ano, a empresa aumentou suas vendas globais em 11,5%, atingindo cerca de 713.900 automóveis premium.

"Em maio, os Estados Unidos, em particular, nos permitiram avançar ainda mais, graças a uma evolução de cerca de 25% em relação ao ano passado. Nós continuamos a implantar consistentemente nosso plano de crescimento no mercado americano e queremos melhorar de forma significativa nossa posição no país ainda este ano", afirma Luca de Meo, membro do Conselho de Direção na área de Vendas da Audi AG. "Na Europa, os altamente eficientes modelos ultra estão claramente reforçando nossos negócios, entre eles as importantes família A4 e A6”, detalha.

As vendas do A4 na Europa cresceram 6,1% para cerca de 11.850 carros em maio. As do A6 subiram 4,8%, chegando a aproximadamente 8.250 unidades. Só na Alemanha, cerca de um terço dos pedidos do Audi A6, atualmente, são para o modelo ultra - a opção com menor consumo de combustível da marca. Em setembro de 2013, a AUDI AG começou gradualmente a oferecer no mercado modelos ultra do A3, A4, A5 e A6 e ampliou sua gama de alta eficiência em maio deste ano para um total de 22 modelos ultra. Até o final deste ano, a Audi irá oferecer cerca de 30 modelos com essa designação, inicialmente na Europa.

Além do A4 e do A6, as vendas do A1 foram especialmente fortes na Alemanha, no mês de maio. Com o esportivo S1, lançado no final de abril, a demanda pela família de modelos cresceu cerca de 23,3%, chegando a 2.643 carros. A AUDI AG aumentou as vendas de todos os seus modelos no mercado doméstico nos últimos meses em 5,3%, atingindo 24.535 unidades. Desde janeiro, os números de vendas subiram 10,1%, num total de 116.496 carros. Entre os maiores mercados europeus, a Bélgica (+ 25,1% - 3.157 carros) e o Reino Unido registraram índices de crescimento com dois dígitos em maio. A Audi UK contribuiu para o sucesso da marca no Reino Unido com um crescimento de 13% e vendas de 13.511 carros, com um aumento de 26,8% nas entregas do A4. Na Europa em geral, a Audi superou as vendas de maio de 2013 em 5,8%, com aproximadamente 69.300 veículos, representando um crescimento acumulado de 7%.

Os Estados Unidos lideraram a evolução dos dez maiores mercados da Audi no mês passado, crescendo 25,5% e entregando 16.601 carros. Além do A3 Sedan, que foi lançado com sucesso em abril, os modelos full-size A6, A7 e o Q7, em particular, tiveram bom desempenho nesse mercado. As vendas do A6, apenas, subiram 21,7%, chegando a 2.151 carros. O lançamento nos EUA da versão atualizada do A8 em junho deverá fortalecer ainda mais a posição da marca no segmento dos carros de grande porte. Além dos Estados Unidos, a Audi também teve um bom mês no Canadá (+ 17,6% - 2.282 carros) e, acima de tudo, no Brasil, onde em maio 1.171 clientes deram continuidade pelo quinto mês a uma escalada de crescimento de três dígitos (+ 133,3%).

Pela primeira vez, a Audi superou a marca de 200.000 carros entregues na China, em apenas cinco meses. Com um crescimento de 48.174 veículos vendidos em maio e vendas acumuladas de 217.910 carros desde janeiro, o aumento em relação ao ano anterior é de 18,6 por cento. Nos próximos dias, a Audi deverá superar o total de suas vendas de 2010, ano em que a empresa vendeu 227.938 carros no país.

Perfil - No ano de 2013 o Grupo Audi entregou aos seus clientes cerca de 1.575.500 automóveis da marca Audi. Como sendo um dos modelos de maior sucesso, o Audi A3 foi distinguido com o título "World Car of the Year 2014", atribuído por um júri composto por jornalistas internacionais (consumo de combustível em ciclo combinado em l/100 km: 7,1 - 3,2; emissões de CO2 em ciclo combinado em g/km: 165 – 85). Em 2013, com um volume de negócios da ordem dos 49,9 mil milhões de euros, a empresa obteve um resultado operacional de 5,03 mil milhões de euros. A nível internacional a empresa está presente em mais de 100 mercados, produzindo nas unidades de Ingolstadt, Neckarsulm, Gy?r (Hungria), Bruxelas (Bélgica), Bratislava (Eslováquia), Martorell (Espanha), Kaluga (Rússia), Aurangabad (Índia), Changchun (China) e Jakarta (Indonésia). Desde o final de 2013 a marca com os Quatro Anéis também produz em Foshan (China), a partir de 2015 será em São José dos Pinhais (Brasil), bem como a partir de 2016 em San José, Chiapa (México). Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a quattro GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e o fabricante de motos desportivas Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). A empresa emprega atualmente mais de 73.500 funcionários a nível mundial, dos quais cerca de 52.500 na Alemanha. De 2014 até 2018 a Audi pretende efetuar investimentos globais no montante de aproximadamente 22 mil milhões de euros, principalmente em novos produtos e tecnologias sustentáveis. A Audi assume a sua responsabilidade empresarial, tendo definido estrategicamente a sustentabilidade como padrão de referência para processos e produtos. A meta a longo prazo é: mobilidade neutra em CO2.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira