Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/05/2014 - 09:34

Brasil: um case sobre o rápido aumento da diversidade de gênero na aliança Renault-Nissan

Redução das diferenças de gênero com a expansão da presença industrial do quarto maior grupo automobilístico mundial. Renault do Brasil tem 50% mais mulheres hoje do que há cinco anos; número de mulheres na linha de produção dobrou no mesmo período. 20% do total de executivas da Nissan do Brasil são mulheres; na sede da empresa, 20% dos colaboradores também são mulheres. O Brasil se tornou um case pelo rápido aumento da diversidade de gênero na Aliança Renault-Nissan, onde o quarto maior grupo automobilístico mundial está expandindo sua presença industrial:

Houve um aumento de 50% no número de mulheres que trabalham na Renault do Brasil em relação a cinco anos atrás. Desde 2009, dobrou o número de colaboradoras nas linhas de produção da Renault. O número de executivas quase triplicou na Nissan do Brasil em apenas um ano. Atualmente, as mulheres representam quase 20% de todos os executivos. As mulheres representam 20% do total de colaboradores na sede da Nissan do Brasil. Na fábrica da Nissan em Resende (RJ), 15% dos colaboradores são mulheres. A Nissan pretende aumentar este número para 25% em 2016.

“O Brasil é vital para o crescimento tanto da Renault como da Nissan, junto com outros mercados emergentes, como a China e a Rússia”, disse Marie-Françoise Damesin, VP Executiva de RH da Aliança. “Estamos contratando bastante nestes mercados e, por isso, podemos promover mudanças mais rápido do que em mercados mais maduros. Isso é muito bom para a igualdade de gênero.”

Para consolidar seu compromisso de diminuir as diferenças de gênero na América Latina, a Aliança está apoiando o Women’s Forum Brasil 2014, um encontro de networking em São Paulo para mulheres dos setores público e privado. Este é o terceiro ano consecutivo que a Aliança está patrocinando o evento anual, que acontecerá de 26 a 27 de maio no Hotel Hyatt.

Mais de 500 participantes, desde representantes de governos até presidentes de grandes empresas do Brasil e de outros países da América Latina participarão das discussões a respeito das conquistas e desafios da mulher na criação de uma sociedade mais neutra em relação ao gênero.

Novos investimentos em produção -No mês passado, a Renault do Brasil, segundo maior mercado do Grupo depois da França, anunciou um novo ciclo de investimentos no País. A Renault está investindo R$ 500 milhões para o período de 2014-2019, que será destinado ao desenvolvimento de dois novos modelos na fábrica da Renault em Curitiba.

Outros R$ 240 milhões serão investidos durante os próximos 10 anos para a operação de um novo centro de distribuição para abastecer os atualmente 275 pontos de venda da Renault no Brasil, além de outros mercados. Estes investimentos devem ajudar a Renault a ampliar sua participação de mercado no Brasil para 8% em 2016 (em 2013 a participação foi de 6,6%).

No início de abril, a Nissan inaugurou seu complexo industrial de R$2,6 bilhões em Resende (RJ), um dos maiores investimentos feitos por uma montadora de automóveis no país. As novas instalações terão capacidade para produzir 200 mil veículos e motores por ano (mais informações no vídeo: http://blog.alliance-renault-nissan.com/blog/nissan-inaugurates-automotive-complex-brazil).

O investimento faz parte do plano da Nissan de obter 5% de participação de mercado no Brasil e se tornar a montadora japonesa número um no país.

A Nissan do Brasil é patrocinadora dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, que serão realizados no Rio de Janeiro. A Nissan fornecerá 5.300 veículos para transportar atletas, membros do comitê organizador e jornalistas durante as Olimpíadas – que acontecerão pela primeira vez na América do Sul.

Juntas, Renault e Nissan venderam mais de 300 mil0 veículos no Brasil em 2013, o que dá à Aliança uma participação de mercado de 8,8%.

Na terça-feira, a Aliança Renault-Nissan oferecerá o almoço de encerramento do Women’s Forum Brasil, que será organizado em torno do tema “Expectativas, esperanças e sonhos, de mãe para a filha”. Durante o almoço, haverá um bate-papo entre mães e filhas famosas: as cantoras Fafá de Belém e sua filha Mariana Belém, além de Luiza Helena Trajano, presidente da rede Magazine Luiza e sua filha, Ana Luiza Trajano, chefe do restaurante Brasil a Gosto.

Olivier Murguet, presidente da Renault do Brasil, será o anfitrião do almoço. Sandra Regina Boccia, Diretora Editorial da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, será a moderadora do bate-papo.

A Renault-Nissan apoia o Women’s Forum desde 2006, sendo um dos principais patrocinadores do evento principal organizado em âmbito mundial, uma conferência que recebe a participação de 1.200 pessoas anualmente em outubro, na cidade francesa de Deauville.

A Aliança Renault-Nissan é uma parceria estratégica entre a Renault, com sede em Paris, e a japonesa Nissan, com sede em Yokohama, que, juntas, vendem um a cada dez veículos comercializados em todo o mundo. Neste ano, a Aliança está comemorando seu 15º aniversário e as duas empresas venderam 8,3 milhões de veículos em aproximadamente 200 países em 2013. Além da AVTOVAZ, a Aliança mantém parcerias estratégicas com a alemã Daimler, a japonesa Mitsubishi, a chinesa Dongfeng e a indiana Ashok Leyland. [ http://blog.alliance-renault-nissan.com].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira