Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/04/2014 - 07:38

CCEE registra 100% de adimplência na liquidação financeira das usinas de Angra I e II em Março de 2014

São Paulo - A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE divulga os resultados da liquidação financeira de março de 2014, referente às cotas-parte das centrais de geração nuclear de Angra I e II. A operação, que envolveu 44 distribuidoras, movimentou 170.786.002,27 e registrou 100% de adimplência.

A liquidação das usinas de Angra, que pertencem a estatal Eletronuclear e estão instaladas em Angra dos Reis (RJ), passou a ser realizada em separado pela CCEE a partir deste ano. A medida atende a Lei 12.111, de 2009, que estabeleceu que, a partir de janeiro de 2013, a produção do complexo seria dividida entre concessionárias de distribuição por meio de cotas de garantia física e potência.

O complexo nuclear de Angra soma 1.990MW em potência instada.

Perfil da CCEE: a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica - CCEE [www.ccee.org.br] é responsável por viabilizar e gerenciar a comercialização de energia elétrica no país, garantindo a segurança e o equilíbrio financeiro deste mercado. A CCEE é uma associação civil sem fins lucrativos, mantida pelas empresas que compram e vendem energia no Brasil. O papel da CCEE é fortalecer o ambiente de comercialização de energia - no ambiente regulado, no ambiente livre e no mercado de curto prazo - por meio de regras e mecanismos que promovam relações comerciais sólidas e justas para todos os segmentos do setor (geração, distribuição, comercialização e consumo). A CCEE atua em conjunto com outras instituições e órgãos governamentais que compõem a governança do setor para assegurar um modelo sustentável de energia no país, capaz de estimular o crescimento da economia do Brasil e, ao mesmo tempo, garantir um preço acessível ao consumidor.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: