Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/04/2014 - 08:31

Green Rio 2014


Terceira edição consolida Green Rio como a mais importante plataforma de negócios da Economia Verde do Rio de Janeiro e o seu principal fórum de debates e apresentação de inovações. Lançado em 2012 como evento paralelo da Rio+20, o Green Rio 2014 será realizado entre os dias 07 e 08 de maio de 2014, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, e terá áreas para exposições de fabricantes de cosméticos, alimentos, bebidas, entre outros, além de rodadas de negócios e uma ampla agenda de palestras e debates com os principais expoentes nacionais e internacionais ligados ao mercado de orgânicos e ao desenvolvimento sustentável

São Paulo - O Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, será palco mais uma vez para o Green Rio, a exemplo da segunda edição, no ano passado. Em sua terceira edição, o Green Rio 2014 se consolida como a principal plataforma de negócios da Economia Verde do Rio de Janeiro, com as rodadas de negócios programadas, e também como um dos mais importantes fóruns de debates e espaços de troca de conhecimento e apresentação de inovações relacionadas ao desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira.

A programação diversa, sendo as principais pontuadas logo abaixo, inclui painéis de debates e busca de soluções para questões preocupantes, como o desperdício de alimentos e a escassez de água, bem como qual a herança que os grandes eventos mundiais, como os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio, podem deixar para as cidades que o sediam e como aproveitar de maneira sustentável esses legados. As Olimpíadas de 2016 também serão o tema central das rodadas de negócios, uma das grandes finalidades do Green Rio, que busca sempre aproximar os vários setores produtivos de orgânicos e produtos sustentáveis aos potenciais compradores. Confira, a seguir, os principais destaques do Green Rio 2014.

2014 – Ano da Agricultura Familiar -Nilton Pinho de Bem, diretor de Departamento da Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário participará da abertura do Green Rio 2014

Este é ano da Agricultura Familiar e o segmento, responsável por 70% dos alimentos que estão nas mesas dos brasileiros, será um dos principais focos do Green Rio 2014. Na abertura do evento, Nilton Pinho do Bem, diretor de Departamento da Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, falará sobre a importância do trabalho das famílias no campo para o desenvolvimento socioeconômico brasileiro e quais programas têm sido implementados para incentivar esse setor produtivo.

Entre eles, está o Programa Mais Alimentos, uma linha de crédito do Pronaf que financia investimentos para a modernização da propriedade rural familiar a juros subsidiados, incluindo a aquisição de máquinas e equipamentos. O Programa tem impactado a produtividade no campo e também as estratégias das fabricantes de equipamentos. Desde a implantação do Mais Alimentos, essas indústrias vêm apostando mais em máquinas de menor potência, em detrimento dos tratores de alta potência, para atender a demanda em crescimento das pequenas famílias rurais, estimulada pelo juro baixo e prazo longo de pagamento.

Por meio do Mais Alimentos, é possível financiar a compra de tratores de até 80 cavalos direcionados para a agricultura familiar com taxa de 2% ao ano, carência de até três anos e prazo de pagamento de até uma década. Esses tratores de menor potência já respondem por 60% das unidades vendidas no país. O universo de potenciais compradores de tratores na linha Mais Alimentos está entre 260 mil e 300 mil produtores familiares.

Cosméticos da Amazônia -Green Rio 2014 apresentará, em seminário e rodada de negócios, projeto inédito capitaneado pelo SEBRAE na área de cosméticos produzidos a partir de insumos da Amazônia

O “Projeto Estruturante Cosméticos de Base Florestal da Amazônia” é uma iniciativa pioneira do SEBRAE (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e visa a estudar cadeias produtivas da região amazônica a fim de desenvolver uma metodologia de produção de insumos de qualidade para cosméticos por meio de instalação de bases de processamento de óleos e manteigas vegetais nos estados de Acre, Amazonas, Amapá, Pará e Tocantins, gerando assim valor à produção e novas oportunidades de negócios para empreendedores e micro e pequenas empresas.

Os participantes do Green Rio 2014 poderão conhecer de perto o “Projeto Estruturante Cosméticos de Base Florestal da Amazônia” por intermédio do seminário programado e das rodadas de negócios que serão realizadas durante o evento e organizadas pelo Planeta Orgânico. Estão convidadas a participar empresas como L’Oréal, Beleza Orgânica, Weleda Brasil, Ecocert IBD e também representantes do Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Desenvolvimento Agrário e do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente).

Campanha Internacional de combate ao desperdício de alimentos, que atinge 1,3 bilhão de toneladas por ano, será fortalecida Helena Rey, coordenadora de turismo sustentável do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente lançará a cartilha contra a perda de alimentos no Green Rio 2014

O Green Rio 2014, por meio da parceria ente o Planeta Orgânico e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA, na sigla em português, e UNEP, em inglês), será palco também da campanha internacional Eat.Think.Save de combate ao desperdício de alimentos, que no Brasil terá o nome “Pensar – Comer – Conservar”. A coordenadora de turismo sustentável da UNEP, Helena Rey, estará presente no evento e lançará a cartilha elaborada pelo SEBRAE RJ e Planeta Orgânico , com apoio do SENAC RJ.

A partir desta cartilha foi realizado um projeto piloto em dez restaurantes do Rio de Janeiro, monitorando o desperdício de alimentos. A importância dessa campanha e da cartilha pode ser melhor avaliada a partir das estatísticas alarmantes de desperdício de alimentos no mundo. Segundo dados globais da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), cerca de um terço da comida produzida, ou o equivalente a 1,3 bilhão de toneladas, é desperdiçado todos os anos durante as etapas de produção e de consumo. Nas regiões industrializadas, 300 milhões de toneladas de alimento próprio para o consumo são descartadas anualmente por produtores, comerciantes e consumidores: uma quantidade maior do que é produzida na África Subsaariana e que seria suficiente para alimentar 870 milhões de pessoas.

A esses números acrescentam-se outros também graves: em torno de 25% do lixo de hotéis e restaurantes é composto por cascas, restos de pratos e guardanapos usados, sendo que cerca de 90% do que é jogado fora poderia ser reciclado, reutilizado ou levado para compostagem. Globalmente, a agricultura é responsável por quase 30% das emissões de gases de efeito estufa. "Com a população mundial em torno de 7 bilhões de pessoas, e que alcançará 9 bilhões até 2050, desperdiçar alimentos não faz sentido algum, seja econômica, ambiental ou moralmente. Significa não só dinheiro indo pelo ralo, como também energia, terras cultiváveis, água, insumos e outros elementos necessários para cultivar e distribuir comida", refletem os organizadores do Green Rio 2014.

Parceria Brasil-Alemanha para o desenvolvimento sustentável será um dos destaques do evento -Harald Klein, Consul Geral da República Federal da Alemanha no Rio de Janeiro, participará da abertura do Green Rio 2014.

Rio Rural apresentará parceria com a Universidade de Colonia, o projeto Intecral, de melhoria da produtividade dos produtores rurais fluminenses

Este ano, começa a ser executado o projeto Eco-Tecnologias e Serviços para o Desenvolvimento Rural Sustentável do Rio de Janeiro (Intecral), desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Pecuária, por meio do Programa Rio Rural, em parceria com seis universidades brasileiras e alemãs. O projeto nasceu em setembro do ano passado, após o acordo firmado entre o Governo do Estado do Rio e o Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha para o desenvolvimento de pesquisas e a criação de soluções para melhorar a produtividade dos agricultores brasileiros.

A Alemanha investirá cerca de R$ 9,2 milhões no Intecral, que adaptará tecnologias de colheita da cana-de-açúcar orgânica, combaterá a degradação de solos, implantará sistemas de tratamento de esgoto em vilas rurais, de monitoramento de água e de parâmetros meteorológicos. O Integral abrangerá pequenas comunidades rurais de Cachoeiras de Macacu, Nova Friburgo, Porciúncula, Teresópolis, Varre-Sai, Carapebus, Campos dos Goytacazes, Quissamã e Macaé.

Amplos debates e novas soluções para os problemas que atingem a água , a agricultura e o clima -Deputado Joe Valle, autor da Lei de Mudanças Climáticas do Distrito Federal, e representantes da Unesco e da Itaipu Binacional participarão de painéis no Green Rio 2014.

Água, agricultura e mudanças climáticas serão os temas abordados por representantes da Unesco (Organizações das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e da usina hidrelétrica Itaipu Binacional durante a terceira edição do Green Rio 2014. Na edição do ano passado, a Itaipu Binacional apresentou os avanços do seu projeto Cultivando Água Boa, de responsabilidade e gestão ambiental em toda a região da Bacia do Paraná III, que envolve 29 municípios e parcerias institucionais, não governamentais, com setores dos movimentos sociais, agricultores, pescadores, catadores, suinocultores, assentados, indígenas e instituições de ensino e pesquisa.

Criado em 2003, o Cultivando Água Boa tem 18 programas, 70 projetos e 108 ações de responsabilidade socioambiental na região da bacia hidrográfica e seus representantes falarão durante o Green Rio sobre as demandas internacionais pela tecnologia sustentável da iniciativa e sua contribuição para questão climática. Já o Deputado Joe Valle, autor da Lei de Mudanças Climáticas do Distrito Federal, participará do Painel "Água, Agricultura e Mudanças Climáticas".

Olimpíadas de 2016 estarão no centro das rodadas de negócios -Leila Luiz, gerente de Alimentos e Bebidas do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, participará do painel "Legado de Mega Eventos" no Green Rio 2014, que também promoverá aproximação entre os principais atores dos setores de gastronomia e turismo com produtores e varejistas de produtos orgânicos e sustentáveis em suas reuniões de negócios

Desde a sua primeira edição, durante a semana da Rio+20 realizada em 2012, a Rodada de Negócios é um dos destaques do Green Rio, que tem como uma de suas finalidades principais promover a aproximação entre os empresários e executivos dos setores de gastronomia e turismo com produtores e varejistas de produtos orgânicos e sustentáveis. Na Rodada de Negócios Green Rio 2012, foram realizadas 101 reuniões e os números de 2013 mostram que essa é uma iniciativa de sucesso, pois as rodadas aumentaram 25%, para 126.

O Green Rio 2014 contará com a presença dos caterers que irão atender as Olimpíadas de 2016. Eles darão prioridade a produtos orgânicos e sustentáveis nas refeições servidas aos atletas e à imprensa durante os jogos. Muitos dos potenciais fornecedores para esses caterers já participaram das Rodadas de Negócios Green Rio anteriores e a organização desta terceira edição acredita que o evento continuará a ser o espaço onde oferta e procura de produtos orgânicos e sustentáveis se encontram.

A terceira edição do Green Rio será realizada entre os dias 7 e 8 de maio de 2014, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O evento tem patrocínio do SEBRAE e do Governo do Rio de Janeiro e apoio do Ministério do Meio Ambiente, PNUMA e Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Green Rio/ Planeta Orgânico - Fundada em 1985, com sede no Rio de Janeiro, a 2 A 2 Marketing & Eventos / Planeta Orgânico foi responsável por várias ações de marketing, entre elas o desenvolvimento do website www.planetaorganico.com.br, publicado na internet no ano 2000. Desde então, o Planeta Orgânico tornou-se uma das principais referências para informações sobre os setores orgânicos e sustentáveis no Brasil . De 2003 a 2010, Planeta Orgânico co-organizou, em parceria com Nuremberg Messe, as Feiras Biofach América Latina e ExpoSustentat e já realizou mais de 100 Seminários no Brasil, na América Latina, nos Estados Unidos , na Dinamarca e na Alemanha.

O Planeta Orgânico participou ativamente do desenvolvimento dos espaços de negócios chamados “ Sala Amazônia” (2005 e 2006), “Sala Andes-Amazônia” (2007 a 2009),” Sala Nordeste” (2006), “Sala Caatinga-Cerrado” (2007 a 2009), “Praça da Sociobiodiversidade” (2010). O Planeta Orgânico organizou os eventos “Rio Orgânico” e “MesaTur”, que promoveu a aproximação do turismo e da gastronomia com o setores orgânico e sustentável através de circuitos culturais e gastronômicos, aproximando hotéis e restaurantes de produtores rurais, com objetivo de incentivar uma relação sustentável de oferta e demanda. As informações e a rede de contatos armazenadas ao longo de doze anos permitiram ao Planeta Orgânico desenvolver um banco de dados qualificado que permite o planejamento de ações estratégicas de acesso a mercado e prospecção de negócios e investidores. Em 2012, o Planeta Orgânico realizou a primeira edição do evento Green Rio no Centro de Convenções Bolsa do Rio, durante a Semana da Rio+20, que contou com a presença da Ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: