Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/04/2014 - 07:59

Geely Motors inaugura 1ª concessionária no País


A Geely Motors do Brasil e a Geely Auto, a mais importante montadora independente da China, também proprietária da Volvo Cars, DSI (uma das maiores fabricantes de transmissões automáticas do mundo) e da Manganese Bronze (fabricante dos táxis londrinos), inauguram nesta terça-feira, dia 1º de abril, a primeira concessionária da marca no mercado brasileiro: a Geely Sun Motors, em Porto Alegre, RS, do empresário Jefferson Fusternau.

O Grupo Gandini, proprietário da Geely Motors do Brasil, e a Geely International Corporation assinaram o contrato de representação, importação e distribuição da linha de automóveis da Geely Auto em julho de 2011, com o objetivo de iniciar suas operações – por meio da Geely Motors do Brasil – em janeiro de 2012. Mas, ainda em setembro de 2011, a Governo brasileiro impôs alíquota de IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados diferenciada para os carros importados, a partir do dia 16 de dezembro daquele ano.

Com isso, os planos da Geely Motors do Brasil tiveram de ser postergados. Ao longo de 2012, a Geely International Corporation decidiu implantar uma linha de produção em Montevidéu, Uruguai, país com o qual o Brasil tem um acordo bilateral no setor automotivo, fato que voltou a viabilizar as operações de importação e distribuição dos carros da Geely Auto para o mercado brasileiro.

Assim, em fevereiro do ano passado, o Grupo Gandini anunciou a constituição da Geely Motors do Brasil, cujas operações se concretizam neste início de ano. O primeiro Geely a ser comercializado no País será o sedã médio EC7. Em junho está prevista chegada do hatch compacto GC2. Ambos os modelos virão da nova linha de montagem da Geely International Corporation em Montevidéu, no Uruguai, cuja capacidade produtiva é de 20 mil unidades/ano.

Na opinião de Ivan Fonseca e Silva, presidente da Geely Motors do Brasil, “sem a unidade produtiva no Uruguai, as operações de importação e de distribuição seriam inviáveis. Por esse motivo, a decisão do Grupo Gandini em postergar o seu início foi acertada. De outro lado, o adiamento foi benéfico porque, ao longo de 2013, foi possível estruturar melhor a empresa, com a contratação de profissionais experientes, de modo a agregar valor à marca chinesa, que pretende ser global, e ao consumidor brasileiro, diferenciando-se dos recentes newcomers e até de montadoras tradicionais no País”.

1º modelo - O estreante Geely EC7 é um automóvel clássico, de design “clean”, sedã mais vendido da categoria entre as montadoras independentes na China e o 19º na categoria sedãs médios naquele mercado, com a participação das montadoras internacionais, em 2013, com 180 mil unidades vendidas. No futuro próximo, no entanto, quando estiver “dividindo” a mesma arquitetura modular com o Volvo V40, a expectativa da Geely Auto é alcançar posição mercadológica doméstica e internacional ainda mais expressiva com o EC7.

O EC7 GS vem com motor produzido pela própria Geely Auto de 1.8 litro, 16 válvulas, que entrega 130 cavalos de potência, movido à gasolina, com torque máximo de 16,9 kgm a 4.400 rpm. O câmbio é manual de 5 velocidades e seu sistema de frenagem é de discos ventilados, com ABS (Anti-lock Braking System) e EBD (Electronic Brake Distribution).

“As dimensões externas e internas, respectivamente de 4.635 e 1.870 mm (comprimento), 1.789 e 1.280 mm (largura) e 1.470 e 1.150 mm (altura), e o entre-eixos de 2.650 mm conferem ao Geely EC7 um dos atributos mais diferenciados na categoria de sedãs médios”, afirma David Chen, gerente de Produto da Geely Motors do Brasil. “Vale destacar ainda o seu porta-malas de 670 litros”, complementa.

Os features do “trem de força” e o sistema construtivo da plataforma e da carroceria, aliados aos itens de segurança como barras de proteção contra impactos laterais, duplo airbag, cintos de três pontos em todos os assentos, sistema de fixação de cadeiras para crianças (Isofix), entre outros, asseguraram, em 2011, quatro estrelas no crash-test da Euro NCAP.

Segundo levantamentos da fabricante, o EC7 faz de 0-100 km/h em 11,7 segundos, de acordo com a revista Quatro Rodas, e a velocidade máxima é de 185 km/h. As rodas desse automóvel são de liga de alumínio de 16 polegadas, inclusive o estepe, e os pneus trazem medidas de 215/55. O tanque de combustível é de 50 litros.

Conforto e conveniência – Ar condicionado com controle eletrônico, direção hidráulica, coluna de direção com regulagem de altura, computador de bordo (funções de autonomia, velocidade média e odômetro parcial), destravamento do porta-malas, travas elétricas nas quatro portas, entre outros itens, fazem parte do pacote de conforto e conveniência do EC7.

Ao mercado brasileiro, o sedã da Geely estará disponível nas cores preto e branco sólidos e metálicos prata, cinza e azul.

Garantia Geely – A Geely Motors do Brasil oferece garantia de 3 anos ou 100.000 km, prevalecendo o que primeiro ocorrer contra defeitos de materiais e/ou de fabricação de peças, devidamente comprovados pela concessionária GEELY, sujeito aos termos e condições prescritos no manual de garantia do seu veículo.

Para que a garantia seja válida, as revisões periódicas – a 1ª com 3.000 km e as demais a cada 10.000 km –, especificadas no manual do proprietário, deverão ser executadas dentro dos respectivos prazos e em uma concessionária Geely. [SAC 0800 055 5615].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira