Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/02/2014 - 08:27

Vale renova frota do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas, investimento de US$ 80,2 milhões


Toda a frota nova estará na malha da EFVM até o segundo semestre do ano. A Vale também vai renovar a frota do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) e os novos vagões começarão a operar a partir de 2015.

O Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), que faz a ligação entre Espírito Santo e Minas Gerais, vai começar 2014 de cara nova. Única empresa do país a oferecer, diariamente, o serviço de transporte ferroviário de passageiros em longa distância, a Vale investiu US$ 80,2 milhões para renovar a frota. Fabricados na Romênia, os vagões obedecem a padrões europeus de qualidade. Serão, ao todo, 56 novos carros, sendo dez executivos e 30 econômicos, além de vagões-restaurante, lanchonete, gerador e cadeirante (destinado a pessoas com dificuldade de locomoção).

Os primeiros carros desembarcaram em Vitória no final de dezembro e, após serem montados, seguirão para testes na ferrovia nos primeiros meses de 2014. A previsão é de que circulem ainda no primeiro trimestre. Toda a frota nova estará na malha da EFVM até o segundo semestre do ano. A Vale também vai renovar a frota do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) e os novos vagões começarão a operar a partir de 2015.

"É com muita satisfação que anunciamos a chegada dos novos trens da Estrada de Ferro Vitória a Minas, investimento que visa a oferecer um serviço cada vez mais seguro, moderno e confortável aos passageiros e às comunidades situadas ao longo da ferrovia. Percebemos, com muito orgulho, a contribuição do nosso trem para o desenvolvimento das cidades por onde passa e o seu papel de propulsor turístico nos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais", afirma o diretor-executivo de Logística e Pesquisa Mineral da Vale, Humberto Freitas.

Cada carro executivo tem capacidade para transportar 60 passageiros. Já nos econômicos haverá 79 lugares. Em ambas as classes os carros são climatizados e contam com tomadas elétricas individuais nas poltronas para possibilitar o carregamento de equipamentos eletrônicos, como notebooks e telefones celulares.

Mais modernos, os banheiros receberam novo layout e tecnologias voltadas a priorizar o uso sustentável dos recursos naturais, como a substituição do papel toalha por ar quente para a secagem das mãos. O sistema de descarga é a vácuo, semelhante ao utilizado na indústria da aviação, o que reduz o consumo de água. Os novos carros também são equipados com monitores de vídeo para oferecer uma opção de entretenimento aos passageiros durante a viagem. Além disso, toda a composição conta com detector de fumaça, aumentando a segurança dos usuários.

Os carros da classe executiva contam com sistema de som e iluminação individualizados para dar maior conforto e comodidade aos viajantes. Outro diferencial são as poltronas, mais largas, e com inclinação maior que as da classe econômica. As novidades contemplam também os carros-restaurante e cadeirante. O primeiro possui 72 lugares, o que representa um acréscimo de 56% em relação às composições que operam atualmente.

Segurança e conforto - O investimento prevê ainda um novo sistema de abertura e fechamento das portas externas, bem como as localizadas entre um carro e outro, que é automático. A travessia entre os carros também mereceu melhorias e ficará ainda mais segura e confortável. Isso porque a conexão entre os vagões passa a ser vedada por um sistema de plástico emborrachado.

Os novos carros de passageiros contam ainda com displays externos e internos, que exibem informações gerais sobre a viagem. Dados como destino e trajeto do trem, número dos carros, estações e paradas de embarque e de desembarque, entre outros, são algumas das orientações voltadas a facilitar ainda mais a viagem.

A Estrada de Ferro Vitória a Minas - Possui 664 km de percurso completo, 30 pontos de embarque e desembarque, 42 municípios atendidos, e um milhão de passageiros transportados por ano (média histórica).

Preço da passagem (percurso completo):Executiva - R$ 91 |Econômica - R$ 58.

O fabricante do novo trem: Astra Vagoane, da Romênia, com fundação em 1891. Principais clientes: Brasil, Hungria, Itália, Alemanha, Rússia, Egito, Angola e Moçambique, e até 2011 fabricou 4.739 carros.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira