Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/11/2013 - 08:46

Ampla alerta para os cuidados com enfeites de Natal

Falta de atenção pode provocar curtos-circuitos, choques e até incêndios

Niterói (RJ) - As festas natalinas se aproximam e, com elas, a preocupação com a decoração das casas, ruas e comércios. O famoso pisca-pisca traz o tom do Natal, mas alguns cuidados são necessários para que as luzes não causem acidentes e não se transformem em vilãs no valor da conta de luz dos clientes. A falta de atenção pode causar curtos-circuitos, choques elétricos e até incêndios.

Na época em que as luzes natalinas tomam conta da cidade, a Ampla faz um alerta sobre os cuidados com as instalações elétricas. Antes de comprar as lâmpadas, é importante verificar no rótulo se o enfeite é aprovado pelo Inmetro. É importante ler atentamente o manual de instrução. Além disso, é preciso analisar se as lâmpadas são para uso interno ou para fachadas e ruas.

“As luminárias externas apresentam resistência e isolamento adequados. Qualquer vazamento ou interferência, como chuvas e ventos, pode causar danos elétricos sérios, caso a iluminação não seja apropriada para o ambiente externo ou não esteja montada de forma apropriada” ressalta Janaina Vilella, diretora de relações externas e comunicação da Ampla.

Como economizar energia: na hora de adquirir o conjunto dos chamados “pisca-piscas”, é importante atentar também para uma informação dada em watts (W), contida na embalagem do produto, que corresponde à potência demandada por determinado produto. Quanto maior for a potência, maior será o consumo do enfeite de Natal.

Um conjunto padrão de 100 “pisca-piscas”, com 50W de potência, consome 16,5 KWh/mês. Se ligado por 11 horas diárias, das 19h às 6h da manhã, por exemplo, pode significar um aumento de R$ 8,32 na conta de energia. Se forem ligadas das 19h à meia-noite, por exemplo, o consumo cai para 7,5 KWh/mês, o que equivale a apenas R$ 3,78 a mais na conta de energia. Outra dica é o uso de produtos que utilizam a tecnologia Led, que consomem menos energia e são mais seguros. Além disso, a economia de energia pode chegar a 80%.

A utilização errada dos benjamins ou dos T’s, adaptadores de tomadas, pode causar danos sérios e até acidentes. Ligar muitos aparelhos em uma mesma fonte de energia pode causar o desarmamento do disjuntor e até mesmo o derretimento do benjamim. “O uso de fitas isolantes para fixar as lâmpadas em paredes, por exemplo, também pode ser perigoso”, lembra.

Outras dicas e cuidados: .Desligue o conjunto da tomada de energia ao substituir lâmpadas e nunca execute esse procedimento puxando a tomada pela fiação;

.Não coloque as luzes próximas de enfeites feitos de papel ou cartolina, por exemplo. O ideal é não usar esse tipo de decoração na árvore se a ideia é colocar pisca-piscas nela;

.Evite deixar a instalação em área sujeita à chuva ou alagamento e não deixe a fiação ao alcance de crianças;

. Evite que a árvore de Natal bloqueie portas, janelas ou a circulação das pessoas em casa. Deixe-a também longe de materiais de fácil combustão, como sofás e guarda-roupas;

. Não instale o conjunto de lâmpadas decorativas em estrutura metálica e também pontiaguda.

Conjuntos para fachada de prédio com potência mais elevada: contrate serviço de um engenheiro, técnico ou eletricista para dimensionar a fiação e a proteção do circuito de acordo com a carga a ser ligada;

No caso de fachada, verifique a proximidade com a rede de energia da Ampla, pois, no caso de chuva forte com vento, a iluminação decorativa instalada pode vir a tocar a rede elétrica e provocar curtos-circuitos;

Sobrecarga nos circuitos: as instalações devem ser compatíveis com o acréscimo de carga. Na maioria dos casos, as lâmpadas são ligadas em tomadas já utilizadas por outros aparelhos. Isso pode levar à sobrecarga e, consequentemente, provocar um incêndio;

Procure um eletricista de sua confiança para verificar se as instalações são adequadas.

Ligações mal feitas (“gambiarras”): emenda de fio mal feita pode causar aquecimento e consequente aumento do consumo de energia;

O mau isolamento pode permitir a passagem da corrente elétrica e causar curtos-circuitos ou acidentes com terceiros.

Em caso de acidente: isole o local para que não haja a aproximação de pessoas e jamais toque em fios partidos;

Não retire objetos ou pessoas que estejam em contato com fios até que um profissional qualificado assegure que a energia foi desligada. Acione imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e a Ampla, pelo número 0800.280.0120.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: