Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/11/2013 - 08:11

Rio de Janeiro se consolida como capital da inovação tecnológica


Nos últimos três anos, 15 centros de pesquisa de grandes empresas anunciaram instalação no Rio de Janeiro.

Palco de grandes eventos mundiais, o Rio de Janeiro também se consolida como principal destino de centros de pesquisa que vieram para o país. Nos últimos três anos, 15 empresas instalaram ou começaram a construir suas unidades de estudos em território fluminense. Apenas no Parque Tecnológico da Ilha do Fundão, que abriga 12 centros, estima-se que tenham sido aplicados cerca de R$ 1 bilhão.

Investimentos de grandes empresas colocam o estado na posição de vanguarda em inovação tecnológica. Estudos nas áreas automotiva, de petróleo, exploração do pré-sal, beleza, saúde e mobilidade estão entre as principais especialidades desenvolvidas.

“Os centros de pesquisas, assim como os parques tecnológicos, unem a produção científica com sua aplicação. Eles geram empregos, capacitação e avanços econômicos”, disse o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca.

Já instalada em espaços provisórios na Ilha de Bom Jesus (Fundão), a General Electric (GE) vai investir R$ 500 milhões na criação do seu primeiro Centro de Pesquisa Global na América Latina. A unidade está em fase final de instalação e vai abrigar cerca de 400 pesquisadores.

- Estamos trabalhando para ter no estado expoentes da economia do século XXI, que é a tecnologia. Ter um centro de desenvolvimento de produtos em nível mundial é muito importante - afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno.

Algumas das empresas com investimentos em centros de conhecimento no Rio: . Schlumberger – Multinacional da área de petróleo e gás. Inaugurado em novembro de 2010. Investimentos de US$ 48 milhões;

. FMC Technologies – Líder mundial em soluções de exploração submarina para a indústria de óleo e gás. Inaugurado em janeiro de 2012;

. Halliburton – Norte-americana vai ocupar terreno de sete mil m2 para construção do centro de pesquisa. Conclusão até o fim deste ano;

. BG E&P Brasil – Juntamente com a Petrobras, desenvolve tecnologias para a exploração e produção de óleo e gás em grandes profundidades;

. Baker Hughes – A norte-americana fornece equipamentos para a indústria de petróleo e gás. Inaugurado em outubro de 2011;

. L’Oréal – O Centro de Pesquisa e Inovação da empresa de cosméticos vai contar com um investimento de R$ 70 milhões;

. Tenaris Confab – Fabricante de tubos aço ocupará terreno de quatro mil metros quadrados. Objetivo é desenvolver novas tecnologias;

. Nissan – Centro de Pesquisa e Tecnologia na área automotiva. Investimento de US$ 200 milhões;

. Siemens – No Parque Tecnológico do Rio, vai desenvolver pesquisas em áreas como tecnologia offshore e energias; renováveis

. GE – Multinacional vai instalar o seu 5º Centro de Pesquisa Global na Ilha de Bom Jesus. Investimento de R$ 500 milhões;

. Vallourec – O centro de pesquisa da empresa siderúrgica terá como foco principal a realização de pesquisas sobre o pré-sal;

. Cisco – Desenvolvimento de soluções locais em áreas como saúde, educação e mobilidade. Investimentos de US$ 100 milhões. | Fabiana Paiva.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira