Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/11/2013 - 08:44

25 milhões de motores na Audi Hungria

20 anos de produção de motores em Györ. Ampla gama de produtos com motores eficientes e potentes. Dr. Frank Dreves, Membro do conselho administrativo da Audi AG, responsável por Produção: “A Audi Hungria é uma peça-chave na nossa estratégia de crescimento”.

São Paulo – Audi Hungaria Motor Kft. produziu ontem seu motor de número 25 milhões. O motor TFSI 2.0 a gasolina de quatro cilindros com 200 kW (272 cavalos de potência) foi instalado em um Audi TTS Coupé Competition amarelo-Imola. A Audi está produzindo esta edição limitada especial de carros esportivos compactos para celebrar outro jubileu: a produção do Audi TT de número 500.000.

“O motor de número 25 milhões ressalta a bem sucedida e duradoura história da produção de motores na Audi Hungaria. Quase todos os modelos da Audi vêm de Györ”, comentou o Dr. Frank Dreves, Membro do conselho administrativo da AUDI AG, responsável por Produção. “Portanto, a Audi Hungria tem uma importância estratégica especial dentro do Grupo Audi. A empresa tem uma contribuição essencial em nossa estratégia de crescimento”, disse Dreves.

A Audi Hungaria tem produzido motores de alta tecnologia para a Volkswagen e a Audi há 20 anos. Hoje, há 235 versões de motores em produção, oferecendo de quatro a doze cilindros e uma produção energética de 63 kW/86 cavalos a 419kW/570 cavalos. Aproximadamente 5.400 funcionários produzem mais de 8.100 motores por dia.

“Nosso sucesso se baseia na alta qualidade de nossos motores, em nossa dedicada força de trabalho e no contínuo progresso tecnológico”, declarou Achim Heinfling, chefe da produção de motores na Audi Hungria. “Não apenas provamos nosso mérito na Volkswagen e no Grupo Audi nas últimas duas décadas, somos também o maior produtor de motores do mundo.”

A produção de motores em Gyõr começou em 1993 com uma série avançada e uma produção em série de um motor de quatro cilindros e cinco válvulas em 1994. Desde 1997, motores V de seis e oitos cilindros têm sido produzidos na Audi Hungria. Desde 2000, uma linha de motores a diesel de quatro cilindros também tem sido produzida.

O motor do jubileu é um TFSI 2.0L de quatro cilindros. A geração de motores a gasolina com injeção direta dupla (FSI) foi incluída na gama de produtos em 2002. Dois anos depois a linha de produção de bielas para motores a diesel de quatro cilindros entrou em operação. A Audi Hungria inseriu um motor particularmente poderoso no mercado em abril de 2006: o motor a gasolina 5.2 de dez cilindros com tecnologia FSI. Outro marco acompanhou no mesmo ano: com o Sistema Valvelift Audi, a empresa apresentou uma altíssima eficiência e uma tecnologia surpreendentemente simples para controle de válvulas.

A produção em série dos novos motores a diesel common-rail de quatro cilindros começou em 2007. A injeção de combustível common-rail permitiu que a Audi e a Volkswagen expandissem suas gamas de motores TDI oferecendo um alto torque associado a um baixo consumo de combustível e baixas emissões.

A empresa também produz motores biturbo de dez cilindros desde 2007 e motores de doze cilindros desde 2008. O centro de desenvolvimento de motores tem fornecido suporte local às atividades de engenharia paralelas à produção em série desde 2001. E, além dos motores em série, protótipos de motores também vêm sendo produzidos no centro de ramp-up para motores de Györ desde 2001.

Há apenas alguns meses, a Audi Hungria inaugurou uma nova unidade de carros com uma cadeia de processos completa e iniciou a produção em série do A3 Sedan. No futuro, o novo Audi A3 Cabriolet e a geração seguinte do Audi TT Coupe e Roadster também serão produzidos na Hungria. No total, aproximadamente 125.000 automóveis sairão, então, das linhas de montagem de Györ a cada ano.

No ano de 2012 o Grupo Audi entregou a seus clientes 1.455.123 automóveis da marca Audi e com um volume de negócios da ordem dos € 48,8 bilhões obteve um resultado operacional de € 5,4 bilhões. A nível internacional a empresa está presente em mais de 100 mercados, produzindo nas unidades de Ingolstadt, Neckarsulm, Gy?r (Hungria), Bruxelas (Bélgica), Bratislava (Eslováquina), Martorell (Espanha), Kaluga (Rússia), Aurangabad (Índia), Changchun (China) e Jakarta (Indonésia). A partir do final de 2013 a marca com as Quatro Argolas também vai produzir em Foshan (China), a partir de 2015 será em São José dos Pinhais (Brasil), bem como a partir de 2016 em San José, Chiapa (México). Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a quattro GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant’Agata Bolognese/Itália) e o fabricante de motos esportivas Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália). A empresa emprega atualmente mais de 70.000 funcionários a nível mundial, dos quais cerca de 50.000 na Alemanha. Até 2015 a Audi pretende efetuar investimentos no montante de aproximadamente € 11 bilhões, principalmente em novos produtos e tecnologias sustentáveis. A Audi assume sua responsabilidade empresarial, tendo definido estrategicamente a sustentabilidade como padrão de referência para processos e produtos. A meta no longo prazo é: mobilidade neutra em CO2.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira