Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

26/10/2013 - 08:45

Seminário promovido pela EDP aborda o futuro da mobilidade elétrica no Brasil

Evento apresentou cenários que avaliaram perspectivas e impactos técnicos, sociais e econômicos com a introdução dos veículos elétricos.

São Paulo - A EDP no Brasil, empresa do Grupo EDP Energias de Portugal, promoveu nesta semana o seminário “Perspectivas para a Mobilidade Elétrica no Brasil”. O evento realizado na Cidade Universitária, em São Paulo, apresentou resultados preliminares de um estudo que avalia o impacto dos veículos elétricos (VEs) nos sistemas de distribuição de energia do País.

As informações foram coletadas a partir de análises feitas utilizando a informação dos sistemas de distribuição das distribuidoras do Grupo EDP - EDP Bandeirante e EDP Escelsa - para avaliar o impacto da introdução dos veículos elétricos, e com isso realizar o planejamento da rede e mitigar possíveis problemas na operação da rede, que poderiam ser causados pelo carregamento dos VEs. A apresentação da pesquisa, realizada em parceria pela EDP no Brasil, EDP Energias de Portugal, Fundação Instituto de Administração (FIA), Instituto de Energia e Ambiente (IEE/USP) e Sinapsis, sinalizou que a implantação dos veículos elétricos no País será de extrema valia. Isto porque, além de reduzir o impacto que os automóveis a combustão causam no meio ambiente, os VEs tem grande potencial para modelar a curva de carga das distribuidoras de energia elétrica em um futuro próximo, quando utilizarem a energia armazenada em suas baterias, para suprir a demanda de sua residência em horários de pico do consumo (quando o custo da energia elétrica poderá ficar mais alto).

“Os resultados do estudo demonstram que para os níveis de penetração de veículos elétricos estimados até 2020 - cerca de 1% da frota total de automóveis - as redes elétricas estão preparadas para acolher essa inserção, não colocando em risco o abastecimento”, diz Miguel Setas, vice-presidente de Distribuição do Grupo EDP.

Durante o seminário foram apresentados diversos cenários para a introdução dos veículos elétricos no Brasil. Por meio de uma pesquisa realizada para avaliar o futuro dos VEs, foi possível observar que dependendo do modelo de negócio adotado pelas distribuidoras de energia elétrica para esta tecnologia, o uso dos VEs pode ajudar a melhorar o trânsito e transformar a cultura de utilização de energia elétrica.

“O Brasil é um dos países mais urbanizados do mundo, com cerca de 80% de urbanização e, portanto a utilização dos veículos elétricos é uma solução no contexto metropolitano, que tem como objetivo resolver problemas de mobilidade e dos impactos ambientais”, destaca Setas.

Para o transporte público, uma alternativa são os Trolleybuses ou trólebus que já são utilizados como alternativa para o transporte público em algumas cidades no Brasil e no mundo, no entanto está sendo desenvolvida no Brasil uma nova forma de utilização deste veículo, que utiliza carregadores elétricos nos pontos de paradas do coletivo, evitando assim a necessidade da existência de uma rede aérea para alimentar o seu motor.

Os carros elétricos também tem papel importante quando o assunto é o futuro da mobilidade. Além de mais econômicos – um carro a gasolina gasta R$ 0,24, um automóvel a álcool R$0,22 e o elétrico R$0,02 para cada quilômetro rodado – os VEs não emitem poluentes no meio ambiente.

De acordo com as projeções realizadas pela FIA, caso o governo reveja a carga tributária que incide sobre os VEs atualmente, a frota de Veículos Elétricos na área de concessão das distribuidoras da EDP em 2020, poderia atingir até 23.700 veículos.

Resultados da Pesquisa Delphi, que teve um total de 496 respostas, apontou entraves e benefícios com relação ao veículo elétrico:

Perfil da EDP Energias do Brasil – EDP Energias do Brasil, que adota a marca EDP, é a holding que consolida ativos de energia elétrica nas áreas de geração, comercialização e distribuição (EDP Bandeirante e EDP Escelsa). É controlada pela EDP Energias de Portugal.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: