Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/08/2013 - 07:57

Porto de Paranaguá demonstra potencialidade para cabotagem no Brasil

No I Seminário Nacional de Cabotagem no Paraná, o gerente da Aliança Navegação e Logística, Gustavo Costa, abordará as vantagens e diferenciais do modal.

São Paulo – No dia 29 de agosto (quinta-feira), acontecerá o I Seminário Nacional de Cabotagem e Intermodalidade no Paraná, que reunirá os principais players do setor e representantes do governo estadual e federal. Na ocasião, o gerente de cabotagem da Aliança Navegação e Logística, Gustavo Costa, ministrará a palestra “A cabotagem como parte da solução dos gargalos logísticos no Brasil”.

A Aliança, após a incorporação de novos navios na cabotagem, reformulará seus serviços e o Porto de Paranaguá passará a ser atendido com escalas diretas semanais e em dias fixos para os principais complexos portuários do Brasil e do Mercosul. “Isso demonstra a potencialidade do porto paranaense, bem como o compromisso da empresa com os clientes do Estado do Paraná”, informa o executivo.

Conforme explica o gerente, a cabotagem é uma solução logística aos principais gargalos enfrentados pelo modal rodoviário de longa distância, como condições das estradas, maior tempo de trânsito devido à Lei do Descanso dos Motoristas e o alto índice de sinistralidade das cargas.

“Com a melhoria das condições na infraestrutura portuária prevista com a Lei dos Portos, a cabotagem estará ainda mais competitiva, tornando-se opção viável para atender com confiabilidade e qualidade as demandas das cadeias logísticas nacionais”, explica Costa.

Investimentos-A Aliança está investindo R$ 450 milhões na renovação de sua frota de cabotagem. A empresa adquiriu 4 porta-contêineres de 3.800 TEUs de capacidade e 500 tomadas para carga refrigerada. Dois dos navios, o “Sebastião Caboto” e o “Pedro Álvares Cabral” já estão em operação. Todos estarão agregados ao serviço até o final de 2013.

Os navios foram especialmente projetados para navegação e operação na costa e portos brasileiros. São equipados com a mais moderna tecnologia para a segurança da tripulação e da carga, e também para a redução do consumo de combustível. Como resultado, possuem os menores índices de emissão de gases de efeito estufa por tonelada transportada, aumentando ainda mais os benefícios ambientais do modal em relação ao transporte rodoviário.

.[I Seminário Nacional de Cabotagem no Paraná, dia 29 de setembro de 2013, das 8h às 17h, no Hotel Camboa Resort – Paranaguá (PR), Rua João Estevão - Centro Histórico.Informações: (41) 3422-0299].

Aliança Navegação e Logística-Fundada no início da década de 50, a Aliança foi consolidando sua liderança no mercado brasileiro, passando a atuar em todos os continentes. Em 1998, a empresa foi adquirida pelo Grupo Oetker, também proprietário da Hamburg Süd, empresa alemã fundada em 1871.

Com faturamento de R$ 2,7 bilhões em 2012, a Aliança Navegação e Logística tem forte atuação no segmento internacional e é líder no transporte de cabotagem. No ano passado, movimentou mais de 680 mil TEUs. Atualmente, opera regularmente em 14 portos nacionais e possui 12 escritórios próprios no Brasil.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: