Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

07/08/2013 - 08:13

AmCham Rio reúne especialistas em debate sobre o setor aeroportuário brasileiro

Rio de Janeiro – Com o objetivo de ampliar o debate sobre o processo de modernização dos aeroportos brasileiros, a Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio) realizou no dia 5 de agosto (segunda-feira), o seminário “Infraestrutura Logística dos Aeroportos – Aspectos Legais”. A necessidade de planejamento de longo prazo, o incentivo à concorrência, os impactos da alteração à Lei nº 8.666/93 e a designação das obrigações das empresas contratadas foram os principais tópicos debatidos.

A demanda por transporte aeroportuário triplicou nos últimos dez anos, de acordo com dados divulgados pela diretora do departamento de regulação e concorrência da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Martha Seillier, durante o encontro. Segundo a especialista, o governo desenvolve um projeto de ampliação da infraestrutura para atender esse movimento. “Estamos focados na percepção do passageiro como um cliente. A reestruturação do setor envolve a análise de operações privadas, aumento da concorrência, ampliação de investimentos e de voos”, afirmou.

Apesar da projeção positiva, Álvaro Palma de Jorge, presidente do Comitê de Logística e Infraestrutura da AmCham Rio, apontou que um dos principais entraves no desenvolvimento logístico do País é a disputa de interesses pessoais, que impactam a execução de projetos, além da necessidade de melhor equalização das obrigações contratuais. “É preciso realizar um trabalho de aproximação prévia entre as empresas responsáveis pelas obras para definir as responsabilidades”, disse.

A dificuldade de compreensão sobre os atores que operam o sistema nacional de aviação civil e a falta de planejamento de longo prazo foram apresentados como questões essenciais do setor por Walter Américo Souza, superintendente de Desenvolvimento Aeroportuário da Infraero. Segundo Souza, é preciso realizar planejamentos estratégicos, que pensem em 50 anos à frente, de modo a obter sucesso na modernização do sistema aeroportuário.

O alcance do equilíbrio entre os interesses público e privado, porém, demanda um processo de maior clareza, de acordo com o procurador do Estado do Rio, Alexandre Aragão. “Todo serviço público que tem relação com a qualidade da prestação de serviços e o valor de tarifas não pode ser sigiloso”, finalizou.

AmCham Rio-Criada em 1916, a AmCham Rio (Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro) é uma instituição sem fins lucrativos, afiliada à U.S. Chamber of Commerce, e a mais antiga câmara da América Latina. Por meio da realização de missões setoriais, eventos, cursos e da participação em feiras, dedica-se ao fomento de uma valiosa rede de networking entre seus associados, com o objetivo de contribuir para a geração e multiplicação de oportunidades de negócios. Além de estimular relações estratégicas com os Estados Unidos, mantém forte compromisso com o desenvolvimento do Brasil. Atualmente, possui 11 comitês setoriais, dedicados aos setores de Assuntos Jurídicos, Energia, Entretenimento, Infraestrutura e Logística, Marketing, Meio Ambiente, Responsabilidade Social Empresarial, Recursos Humanos, Saúde e Tecnologia.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: