Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/07/2013 - 08:44

Audi AG atinge seu melhor semestre de vendas da história

Cerca de 780.500 entregas pelo mundo no período de Janeiro a Junho (+6,4%). “As vendas do Novo A3 e dos modelos SUV impulsionaram o forte crescimento da Audi”, enfatizou Luca de Meo, vice-presidente mundial de marketing e vendas da AUDI AG. Em setembro, o lançamento do A3 Sedan definirá o fortalecimento dos negócios.

São Paulo – Um novo recorde para a marca dos quatro anéis: a Audi AG registrou o melhor semestre de vendas da história da companhia, graças ao crescimento anual de 6,4%. Pelo mundo, a fabricante vendeu mais de 780.500 carros para seus clientes nesses primeiros 6 meses do ano. A Audi entregou em junho, aproximadamente, 140.300 carros, representando um total de 5,5% de aumento ano a ano. A marca de luxo teve um resultado representativo de vendas da China, com um aumento de 33,5%. As vendas do Reino Unido (+14,3%) e dos Estados Unidos (+8,2%) também incrementaram a atuação da Audi no mês de Junho.

“O novo A3 e os modelos SUV, Q3 e Q5, em particular, contribuíram de forma significativa para nossas contínuas vendas globais desse primeiro semestre do ano. Superamos claramente as vendas de 2012, apesar do difícil momento enfrentado pelos principais mercados”, ressalta Luca de Meo, vice-presidente mundial de marketing e vendas da AUDI AG. “No segundo semestre do ano, o A3 Sedan impactará os mercados mais importantes. Esse modelo desempenhará um papel decisivo na história de sucesso do A3”, completa.

Novo membro da família A3, o modelo sedan estará à venda a partir de setembro na Europa, com lançamento no mercado chinês e norte americano previsto para 2014. Em ambos os países, o sedan é o tipo de carro mais frequente no segmento de luxo, com cerca de 50% dos clientes que optam por um carro com notchback.

Nos Estados Unidos, o Audi Q5 desempenhou um papel importante ao ajudar a Audi América atingir mês a mês números recordes no primeiro semestre do ano.

Foram 13.706 entregas (+8,2%) em junho de 2013, o segundo melhor mês de vendas da história da marca dos quatro anéis nos EUA. Nos primeiros seis meses, o total de vendas da Audi no país subiu 14%, cerca de 74.277 unidades, enquanto as vendas do Q5 aumentaram 35,2%, um total de 18.310 carros. No segundo semestre do ano, esse modelo altamente conhecido também estará à venda nas concessionárias dos EUA como um TDI clean diesel e alto desempenho SQ5 TFSI. Além dos Estados Unidos, o mercado do México, em especial, tem apresentado crescimento acelerado na Audi América do Norte. No primeiro semestre do ano, 5.619 clientes mexicanos receberam um modelo da marca (+ 45,5%).

Na Europa, no entanto, a Audi enfrentou um difícil cenário econômico durante o primeiro semestre de 2013. As vendas de cerca de 383.700 carros foram 2,5% abaixo do recorde atingido em 2012. No entanto, os negócios da Audi provaram ser muito mais estáveis do que o mercado como um todo. Entre os principais mercados, o Reino Unido, em particular, apresentou uma evolução positiva, pois a Audi UK entregou 74.051 carros de janeiro a junho (+11,9%). A venda de modelos SUV´s no período representou sozinha um aumento de 82,7% nas vendas no país. Na Suíça, a Audi continua impulsionada, uma vez que as vendas acumuladas subiram em 4,5%, o equivalente a 9.537 carros. Na Alemanha, porém, as vendas totais caíram 4,3%, 128.345 veículos. A alta base de comparação com 2012 teve um efeito notável, especialmente no que diz respeito a números do mês passado. Enquanto as vendas aumentaram acentuadamente em 14,6% em junho de 2012, agora caem com uma margem similar. As condições de mercado permanecem desafiadoras para alguns países por terem sido atingidos pela crise da dívida econômica europeia. Na França (-8,6%, 30.218 carros), Itália (-9,8%, 24.825 carros) e Espanha (-3,1%, 21.085 carros) a quantidade de clientes Audi diminuiu nos seis primeiros meses deste ano. Nesses três mercados, a Audi AG reafirmou sua posição como a principal fabricante de carros de luxo. As entregas da empresa aumentaram no Leste da Europa, principalmente na Rússia, onde 18.181 veículos foram vendidos no primeiro semestre de 2013, o que representa um crescimento de 9,8%.

Na China, um forte aumento de 33,5% nas entregas, 44.479 veículos em junho, levou a marca dos quatro anéis a passar, pela primeira vez, o marco de 200 mil carros vendidos no primeiro semestre de um ano. Um total de 228.139 clientes chineses receberam seu Audi entre janeiro e junho (+17,7% ano a ano). A produção local do Q3, que começou em abril, teve um impulso adicional. Em julho, a Audi celebrará um marco muito especial na China: seu 25º aniversário no país. Nesses anos, ao olhar para trás, a empresa se mantém como líder incontestável do mercado de luxo na China.

A Audi também se apresentou muito bem em muitos outros mercados da região da Ásia-Pacífico. Nos primeiros seis meses do ano, o Japão aumentou as vendas em 20,9%, 14.456 carros, e registrou o maior crescimento entre os dez maiores mercados de atuação da AUDI AG, e tudo antes do lançamento da nova geração A3. As vendas cresceram ainda mais rápido na Coréia do Sul, com 9.355 carros entregues a clientes e aumento de 30%. Na Índia, a AUDI AG conseguiu aumentar ainda mais sua posição no mercado pela entrega de 4.846 carros até o final de junho (+21,2%).

O Grupo Audi entregou 1,455,123 carros da marca Audi para os clientes em 2012.No ano passado, a empresa contabilizou receita de € 48.8 bilhões e um lucro operacional de € 5.4 bilhões. A Audi produz veículos em Ingolstadt e Neckarsulm (Alemanha), Györ (Hungria), Changchun (China) e Bruxelas (Bélgica). O Audi Q7 é construído em Bratislava (Eslováquia). Em novembro de 2012, a produção CKD do Audi Q7 foi adicionada as já existentes operações de fabricação do Audi A4, A6 e Q5 em Aurangabad (Índia). Na planta de Bruxelas, a produção do Audi A1 está em funcionamento desde 2010, enquanto a produção do novo A1 Sportback começou em 2012. O Audi Q3 está sendo construído em Martorell (Espanha) desde Junho de 2011. Atualmente a empresa está presente em mais de 100 mercados em todo o mundo. As subsidiárias da AUDI AG incluem Audi Hungaria Motor Kft. (Gy?r / Hungria), Automobili Lamborghini Holding S.p.A em Sant'Agata Bolognese (Itália), Audi Brussels S.A./N.V. em Brussels (Bélgica), quattro GmbH, em Neckarsulm, e a fabricante de motos esportivas Ducati Motor Holding SpA (Bolonha / Itália). A Audi emprega atualmente cerca de 70,000 pessoas em todo o mundo, sendo cerca de 50.000 na Alemanha. A marca dos quatro anéis planeja investir um total de € 11 bilhões até 2015, principalmente em novos produtos e na extensão da capacidade de produção, a fim de sustentar a liderança tecnológica da empresa incorporada ao slogan "Vorsprung durch Technik". A fabricante está atualmente expandindo sua planta em Gy?r (Hungria), vai começar a produção em Foshan (China) no início de 2013 e em San José Chiapa (México) a partir de 2016.

Audi faz jus à sua responsabilidade corporativa e sustentável, com o objetivo de não só conquistar o sucesso financeiro, mas também de garantir o essencial com um futuro digno para as próximas gerações. A empresa estabeleceu estrategicamente a sustentabilidade como princípio para seus produtos e processos. A responsabilidade corporativa inclui produtos eficientes, processos de produção de recursos hábeis, uma política prospectiva de recursos humanos, o envolvimento efetivo da sociedade e responsabilidade nos negócios e operações em geral. Sob o título de “Vorsprung durch Technik”, a companhia está direcionando suas atividades para um objetivo maior, muito além dos produtos. O objetivo final é a mobilidade com emissão de CO2 neutralizada.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira