Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

13/07/2013 - 05:08

Florianópolis inova com primeira agência do país especializada em turismo de saúde

As viagens em busca de mais qualidade de vida através de tratamentos médicos, práticas complementares, espirituais ou procedimentos estéticos movimentam anualmente 60 bilhões de dólares no mundo todo. No Brasil, onde o segmento cresce de forma espontânea 30% ao ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, agora surge a primeira agência do país especializada no chamado turismo de saúde. A Opera Brasil Health foi lançada oficialmente neste dia 9, em um evento no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis (SC), sede da empresa e capital do Estado premiado por cinco vezes consecutivas como o melhor destino turístico do país.

“As pessoas podem encontrar aqui uma grande diversidade e qualidade dos tratamentos e ao mesmo tempo aproveitar a beleza do lugar, sua rede hoteleira e ótimas opções de lazer, tudo integrado e voltado a uma vida mais saudável”, explica a empresária Danielle Nogueira, idealizadora da agência, planejada há dois anos. “Imagine fazer um tratamento cirúrgico e, após, ir para as águas termais”, exemplifica.

De qualquer parte do Brasil e do mundo, o cliente pode tirar dúvidas, conhecer os profissionais, os tratamentos, a infraestrutura hospitalar e de hospedagem, além de contratar todos os serviços necessários para a viagem. Quando chegar, terá um cuidado todo especial, inclusive com serviços de concierge exclusivos e personalizados. “Para a região, é uma excelente alternativa econômica, pois uma das demandas que temos é justamente realizar turismo o ano todo, não apenas no verão”, lembra o cirurgião Gilberto Vaz Teixeira, diretor médico da agência.

A Opera Brasil Health oferece serviços como agendamento e acompanhamento em exames e consultas, compra e entrega de medicamentos, locação de equipamentos, além de contratação de baby sitter credenciada, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiras, personal trainner e psicólogos. Para quem vem do exterior, a agência disponibiliza transporte executivo bilíngue, serviço completo de home care e parcerias com hospitais, laboratórios, hotéis, clínicas de diagnóstico, agências de turismo e seguradoras internacionais.

Pelo mundo -Vários países como México, Cuba, Costa Rica, Hungria, Índia, África do Sul, Cingapura, Coréia do Sul, Taiwan, Tailândia e Malásia estão em fase de reformulação de seus modelos de turismo e gestão em saúde para atender a essa nova demanda.

Na Índia, a previsão era de que a atividade superasse os 2 bilhões de dólares em 2012. Na Europa, os turistas se deslocam principalmente para o Leste Europeu, Tunísia, Dubai e Arábia Saudita. Para os britânicos a realização de tratamentos médicos e odontológicos nestes países pode gerar uma economia de até 70%.

A África do Sul recebeu de janeiro a agosto de 2010 mais de 25 mil turistas angolanos. Eles são os que mais gastam no país: em média 3.160 dólares por cinco dias. Os principais motivos da viagem são as compras e o atendimento médico. Em 2011, a Costa Rica recebeu 45 mil turistas de saúde e isso movimentou 300 milhes de dólares, fruto de um esforço conjunto do setor público com a iniciativa privada.

No Brasil-Em São Paulo, em 2009, a demanda espontânea gerada pelo turismo de saúde levou para a capital paulista 900 mil pessoas, que realizaram algum tipo de tratamento médico ou estético. Destas, 50 mil vierem do exterior. Em Recife, 6,11% dos turistas que chegaram à cidade em 2007 escolheram a capital pernambucana motivados pelo turismo de saúde. Em 2008, esse número subiu para 7,89% (298 mil visitantes). O Recife Convention & Visitors Bureau lançou o primeiro Guia de Turismo de Saúde, Bem-Estar e Qualidade de Vida de Pernambuco, que apresenta sugestões de espaços do pólo médico do estado para auxiliar o turista.

Para incentivar o turismo de saúde, Porto Alegre criou, no final de 2010, uma entidade jurídica para profissionalizar, incentivar e divulgar a medicina da cidade. É formada pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR), por hospitais locais, está associada ao Medical Tourism Association e marca presença no maior congresso mundial de turismo de saúde realizado anualmente nos Estados Unidos.

O Ministério do Turismo e a Embratrur lançaram no final de 2010 o guia Turismo de Saúde: orientações básicas, com informações sobre a atividade. O governo federal aponta que no Brasil o turismo de saúde é uma tendência da atualidade para o desenvolvimento tanto do turismo em geral, como da própria área médico-hospitalar. [www.operabrasilhealth.com].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira