Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

08/06/2013 - 08:21

Sistemas de refrigeração impróprios elevam consumo de energia, diz Abesco

O uso de fluidos refrigerantes de baixa qualidade é apontado pela entidade entre as causas que resultam em desperdícios de eletricidade.

São Paulo (SP) – Em entrevista concedida à Agência Brasil, o presidente da Abesco – Associação Brasileira de Empresas de Serviços de Conservação de Energia -, José Starosta, destacou que sistemas de refrigeração inadequados estão entre os principais ‘vilões’ que agem para elevar o consumo de energia. Starosta destacou também que um estudo realizado pela associação concluiu que cerca de 10% da eletricidade consumida no Brasil resultam de desperdícios.

Esse volume, informou o dirigente, é superior à quantidade necessária para abastecer a população do estado do Rio de Janeiro, por exemplo.

Para a coordenadora técnica da DuPont, Ana Paula Garrido, o setor de refrigeração passou a conviver nos últimos anos com a circulação intensa de fluidos refrigerantes de má qualidade e essa tem sido a causa principal de casos de mau funcionamento de equipamentos e sistemas.

Ana Paula explica que por não atender especificações técnicas requeridas por equipamentos e sistemas, os compostos de má qualidade demandam cargas maiores de energia elétrica para atingir temperaturas de refrigeração.

“Fluidos refrigerantes impróprios apresentam altos teores de impurezas, como umidade, gases não condensáveis e partículas sólidas. Seu uso reduz a vida útil de equipamentos e sistemas”, acrescenta a especialista.

De acordo com Ana Paula, produtos fora das especificações acarretam também sérios riscos à segurança dos usuários.

No ano passado, relata a executiva, foram várias as ocorrências de acidentes registradas no mundo e atribuídas ao emprego de fluidos refrigerantes de baixa qualidade. Uma delas, no Brasil, resultou na morte de dois profissionais que trabalhavam num contêiner.

A coordenadora técnica da DuPont enfatiza ainda que para evitar problemas técnicos com fluidos refrigerantes, usuários de sistemas de refrigeração e profissionais que atuam na área devem ficar atentos no momento de comprar ou efetuar operações envolvendo esses produtos.

As dicas da DuPont são as seguintes:. Certifique-se de que o produto é adequado à aplicação que se pretende fazer. .Confira no rótulo: nome ou marca |.origem (nacional ou importado) |.características |.composição|.razão social, endereço, telefone e CNPJ do fabricante |.número do lote e peso líquido |.verifique se há avarias e vazamentos nos cilindros e/ou danos no lacre e nas etiquetas |.desconfie de produtos vendidos a preços muito baixos. Esse pode ser um dos indicadores da má qualidade do fluido refrigerante |.fique atento também à quantidade de produto indicada na embalagem e o seu peso real. Muitas vezes, nos casos de fluidos refrigerantes de baixa qualidade, o que está registrado no rótulo não corresponde à real quantidade de fluido refrigerante dentro do cilindro |.procure apenas fornecedores idôneos e de tradição no mercado.

DuPont Refrigerantes-A DuPont Fluidos Refrigerantes é uma divisão de negócios da E.I. DuPont de Nemours and Company, uma empresa que traz ao mundo o melhor da Ciência em forma de produtos, materiais e serviços inovadores desde 1802. A companhia acredita que por meio da colaboração com clientes, governos, ONGs e líderes de opinião, é possível encontrar soluções para os desafios globais, provendo alimentos saudáveis e suficientes para a população mundial, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis e protegendo a vida e o meio ambiente. Quatro plataformas estratégicas norteiam as atividades da DuPont Fluidos Refrigerantes: Ciência e tecnologia, soluções ambientais, relacionamentos globais e tecnologias sustentáveis em refrigeração.[www.fluidosrefrigerantes.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira