Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/05/2013 - 08:18

Receita líquida da CPFL Renováveis atinge R$ 229 milhões

Novas aquisições, empreendimentos em operação e bom desempenho das eólicas proporcionaram aumento de 70% no indicador.

A CPFL Renováveis registrou, no primeiro trimestre de 2013, receita operacional líquida de R$ 229,0 milhões, valor 70% superior aos R$ 134,7 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. O crescimento é resultado das aquisições de projetos, como o Complexo Eólico Bons Ventos, em junho de 2012 e da Usina de Biomassa Ester, em outubro de 2012, além do início de operação do Complexo Eólico Santa Clara, em julho de 2012, da Usina Solar Tanquinho, em novembro de 2012, e da PCH Salto Góes, em dezembro de 2012.

O bom desempenho das centrais eólicas, além da expansão do parque gerador, contribuiu para a geração de um EBITDA de R$ 140,3 milhões – um crescimento de 76,4% em relação aos R$ 79,5 milhões do período anterior – com margem de 61,3% acumulada no período. A companhia teve prejuízo líquido no 1T13 de R$ 15,2 milhões. O indicador do trimestre é consequência: (i) da despesa financeira líquida de R$ 65,7 milhões decorrente do maior saldo de dividas em função das captações necessárias para as aquisições feitas durante o ano de 2012; e (ii) do fato dos primeiros meses do ano apresentarem geração eólica e de biomassa abaixo da média do ano, dada a sazonalidade dos ventos e da safra da cana de açúcar.

Investimentos -A CPFL Renováveis continuou avançando na execução do seu plano de expansão, com investimentos de R$ 313 milhões no primeiro trimestre de 2013. Há previsão de entrada em operação, de 328 MW, em 2013 relativos aos seguintes projetos: Complexo Eólico Atlântica (capacidade instalada de 120MW); Complexo Eólico Macacos I (capacidade instalada de 78 MW); Complexo Eólico Campo dos Ventos II (capacidade instalada de 30MW); Bio Coopcana (capacidade instalada de 50MW); e Bio Alvorada (capacidade instalada de 50MW). Além dos Complexos Eólicos de Campo dos Ventos e São Benedito (potência instalada total de 254 MW e com previsão para conclusão em 2016).

Atualmente, o portfólio da CPFL Renováveis totaliza 5.553 MW de capacidade de instalada. Desse total, 1.153 MW referem-se a empreendimentos já em operação: 35 PCHs (327 MW), 15 projetos de geração eólica (555 MW), seis usinas movidas a biomassa (270 MW) e uma de energia solar (1.1 MW). Outros 582 MW são de projetos em fase de construção: 18 de geração eólica (482 MW) e duas usinas movidas a biomassa (100 MW). A companhia possui ainda projetos eólicos e PCHs em fase desenvolvimento que totalizam 3.818 MW.

CPFL Renováveis -Maior empresa do Brasil no segmento de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, com portfólio que inclui Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), parques eólicos, usinas a biomassa e energia solar, a CPFL Renováveis tem como sócios CPFL Energia, Pátria Investimentos, Eton Park (empresa norte-americana de gestão de recursos), FIP Brasil Energia (fundo gerido pelo BTG Pactual), Banco Bradesco de Investimento (por meio do BBI FIP Multisetorial Plus), DEG (banco de desenvolvimento integrante do grupo financeiro alemão KfW) e GMR Empreendimentos Energéticos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: