Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

31/10/2007 - 11:05

Brasil aspira ocupar um assento permanente no CSNU

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente da Confederação Helvética, Conselheira Federal Micheline Calmy-Rey decidem dar novo impulso ao relacionamento bilateral.

O presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e a presidente da Confederação Helvética, Micheline Calmy-Rey, mantiveram encontro em Zurique, no dia 30 de outubro de 2007. A presidente e Chanceler Calmy-Rey manteve também reunião de trabalho com o ministro das RelaçõesExteriores, Celso Amorim, por ocasião de sua visita oficial a Berna, no dia 29 de outubro de 2007.

No encontro em Zurique, decidiram dar novo impulso ao relacionamento bilateral por meio do estabelecimento de mecanismo de consultas políticas sobre assuntos de interesse estratégico dos dois países. Essa parceria estratégica prevê o diálogo político regular de alto nível, a concretizar-se sob a forma de memorando de entendimento, que propiciará melhor conhecimento das respectivas prioridades de política externa, a coordenação das relações bilaterais, bem como a identificação de novas possibilidades de cooperação. Congratularam-se pela realização da primeira reunião da Comissão Mista de Relações Econômicas e Comerciais em Berna, nos dias 29 e 30 outubro de 2007.

Constataram existir vasto potencial de aprofundamento da cooperação mútua nos foros multilaterais, com base em valores e interesses comuns, tais como a promoção dos direitos humanos, do direito humanitário, da paz e da segurança internacional, do desarmamento, da proteção do meio ambiente e da redução da pobreza.

No que se refere à reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas, sublinharam a necessidade de dar prosseguimento aos esforços que visem à sua ampliação e ao aperfeiçoamento de seus métodos de trabalho.

Quanto à aspiração do Brasil de ocupar um assento permanente no CSNU, a presidente da Confederação reconheceu o papel importante que o País desempenha na ONU e seu engajamento na manutenção da paz e da segurança internacionais.

Reafirmaram o compromisso de seus governos em contribuir para o sucesso da Rodada de Doha da OMC, por meio da conclusão de um acordo equilibrado e abrangente que permita o cumprimento do compromisso original da Rodada, ou seja, a promoção do desenvolvimento pelo comércio.

Reafirmaram a necessidade de amplo engajamento no combate aos efeitos da mudança do clima no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima e de acordo com o princípio das responsabilidades comuns, porém diferenciadas, dos Estados.

Reiteraram a vontade política dos dois países de intensificar a cooperação bilateral nas áreas econômica, científica e tecnológica, bem como na promoção do desenvolvimento de energias renováveis.

Sublinharam a importância da entrada em vigor do acordo bilateral de cooperação jurídica em matéria penal e manifestaram a vontade dos dois países de colaborar estreitamente na luta contra o crime organizado, entre outros aspectos no que diz respeito ao tráfico de drogas e ao tráfico de pessoas.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira