Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/02/2013 - 09:07

Lucro líquido da AES Tietê atinge R$ 901,3 milhões em 2012

Comentários do Sr. Rinaldo Pecchio - Diretor Financeiro e de Relações com Investidores.

São Paulo - A AES Tietê S.A. (BM&FBovespa: GETI3 e GETI4; OTC: AESAY e AESYY) anunciou no dia 27 de fevereior os resultados de 2012.

Em 2012, a receita líquida da AES Tietê totalizou R$ 2.112,4 milhões, montante 12% superior ao registrado em 2011. Esse desempenho deve-se, principalmente, ao reajuste do preço da energia vendida através do contrato bilateral com a AES Eletropaulo, ocorrido em julho de 2012, ao maior volume de energia vendida na CCEE e outros contratos bilaterais.

De acordo com comunicado da empresa, devido às condições hidrológicas desfavoráveis desde setembro de 2012, a CCEE estabeleceu um novo montante de garantia física mensal para todos os participantes do MRE (incluindo a AES Tietê), gerando para essas hidroelétricas uma maior exposição no mercado spot. Com maior volume de energia comprada e o aumento no preço médio negociado no mercado spot, a Companhia registrou aumento em seus custos no 4T12 e, por consequência, o Ebitda foi de R$ 292,1 milhões, com margem de 59,1%. Em 2012, a AES Tietê obteve um Ebitda de R$ 1.542,4 milhões, montante 5,2% acima do registrado em 2011, enquanto o lucro líquido de R$ 901,3 milhões representou um aumento de 6,7% em comparação ao de 2011.

A AES Tietê propõe a distribuição integral do lucro distribuível obtido em 2012 (R$ 976,5 milhões), correspondentes a 108,4% do lucro líquido do ano. Essa destinação será submetida à aprovação da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, prevista para ocorrer em 04 de abril de 2013. Vale mencionar que ao longo de 2012 já foram antecipados R$ 768,6 milhões em dividendos referentes aos resultados dos primeiros nove meses do ano.

Em 2013, a Companhia manterá o foco na excelência operacional e na disponibilidade de geração de energia, com investimentos de R$ 213,2 milhões. Os recursos serão destinados principalmente à modernização e manutenção preventiva das usinas de Água Vermelha, Ibitinga, Nova Avanhandava e Caconde.| PR Newswire.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: