Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

19/02/2013 - 07:52

MMX recebe carregadeira de navios do Superporto Sudeste

Ao todo, terminal portuário no Rio de Janeiro terá dois desses equipamentos fabricados na China e são os únicos deste porte no Brasil.

A MMX, mineradora do grupo EBX, recebeu no dia 14 de fevereiro (quinta-feira), a segunda carregadeira de navios do Superporto Sudeste. A primeira carregadeira do terminal portuário chegou a Itaguaí (RJ) no início de fevereiro. Fabricados na China, os dois equipamentos viajaram 20 mil quilômetros de Xangai até o Brasil e já foram descarregados no terminal portuário.

Com capacidade para movimentar até 12 mil toneladas de minério de ferro por hora cada, as máquinas são as de maior porte da categoria no Brasil. Cada carregadeira mede cerca de 50 metros de altura e pesa quase duas mil toneladas. A MMX investiu mais de R$ 40 milhões na compra dessas máquinas.

Após o desembarque da segunda máquina, serão iniciadas as conexões mecânica e elétrica. Os equipamentos, que vieram montados da China, são instalados sobre trilhos no píer do Superporto Sudeste e cada um deles poderá se deslocar numa distância de até 590 metros, o que permite operar nos dois berços. O minério de ferro que será embarcado no Superporto Sudeste chegará até as carregadeiras de navios por meio de um sistema de correias transportadoras, que também já estão em fase de montagem.

Após a instalação das carregadeiras e das correias transportadoras, será iniciada a fase de testes de pré-operação. O Superporto Sudeste começará a operar ainda neste ano. As duas carregadeiras de navios serão usadas na primeira fase de operação, quando o Superporto Sudeste poderá exportar até 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

Perfil - A MMX, companhia de minério de ferro do grupo EBX, do empresário Eike Batista, foi criada em 2005. Com dois sistemas em operação – Sistema Sudeste, em Minas Gerais, e Sistema Corumbá, no Mato Grosso do Sul – a MMX tem capacidade instalada para produzir 10,8 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. A MMX também está presente no Rio de Janeiro, com o Superporto Sudeste, que está sendo construído na Baía de Sepetiba. A companhia ainda possui direitos de extração de minério de ferro no Chile e em Bom Sucesso (MG). A meta da companhia é ampliar a capacidade instalada para mais de 40 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. Atualmente, o principal investimento da MMX é a expansão da Unidade Serra Azul (MG).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: