Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/11/2012 - 09:21

Lucro da Energisa avança 25,6% de janeiro a setembro de 2012

Resultado decorre do aumento de 16% na receita líquida. Energia total distribuída cresce 6,7%.

Cataguases (MG) – A Energisa S/A (BM&FBovespa: ENGI3, ENGI4 e ENGI11), companhia responsável por cinco distribuidoras de energia localizadas nos estados de Sergipe, Paraíba, Minas Gerais e Rio de Janeiro, obteve lucro líquido de R$ 152,9 milhões nos primeiros nove meses deste ano, o que representa crescimento de 25,6% sobre o mesmo intervalo em 2011. “O resultado foi impulsionado pelo acréscimo de 16% na receita líquida faturada no intervalo, de R$ 2.026,7 milhões, aliado ao menor crescimento das despesas operacionais”, avalia Maurício Botelho, vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores.

Considerando o terceiro trimestre de 2012, o lucro da companhia foi de R$ 27,3 milhões, um aumento de 12,8% em relação ao 3T11. Na mesma base de comparação, a receita líquida ficou em R$ 685,5 milhões, com crescimento de 17,3%.

O Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado consolidado foi de R$ 484,4 milhões entre janeiro e setembro, um incremento de 16,8% sobre igual intervalo do ano passado, com margem de 23,9%. “A companhia finalizou o período com R$ 868,1 milhões em saldo de caixa, o que equivale a uma vez e meia o valor consolidado das dívidas a vencer no próximo ano”, completa Botelho.

Nos primeiros nove meses de 2012, as vendas de energia elétrica no mercado próprio da Energisa cresceram 6,5%, totalizando 5.761,2 GWh. As classes comercial e residencial representam juntas 57,1% da energia total consumida, com avanços de 6,0% e 9,5% no período, respectivamente.

A energia total distribuída, considerando consumidores cativos e livres, suprimento de energia elétrica a outras concessionárias e fornecimento não faturado, ficou em 7.849,4 GWh no acumulado de janeiro a setembro deste ano, representando crescimento de 6,7% na comparação ao mesmo período de 2011.

Conclusão das negociações com a Tonon Bioenergia-Durante o terceiro trimestre deste ano, a Energisa concluiu, por aproximadamente R$ 150 milhões, as aquisições de quatro sociedades de propósito específico (SPEs) da Tonon Bioenergia. As SPEs contemplam um portfólio de ativos e projetos com capacidade instalada de 170 MW em usinas termelétricas movidas a biomassa de cana-de-açúcar, dos quais 60 MW já em operação e o restante a construir até 2015.

Investimentos-Nos primeiros nove meses de 2012, a Energisa realizou investimentos que totalizaram R$ 322,8 milhões para manutenção e expansão de seus negócios. Deste total, R$ 230,7 milhões foram direcionados à distribuição de energia, R$ 82,7 milhões à geração de energia limpa e renovável e R$ 9,4 milhões para a área de serviços.

Evento Subsequente-Em 17 de setembro, a Energisa anunciou que pretende aumentar seu capital por meio de uma oferta privada de ações. Os controladores da companhia, em conjunto ao acionista Fundo de Investimentos em Participações da Serra (FIP da Serra), estudam um aumento entre R$ 300 e 500 milhões. A emissão foi solicitada com o objetivo de fortalecer a estrutura de capital da companhia em antecipação aos investimentos previstos no período entre 2012 e 2014, que totalizarão R$ 1,6 bilhão. Além disso, o valor poderá ser utilizado em potenciais aquisições no setor elétrico. A operação deverá ser submetida a aprovação do Conselho de Administração em breve.

Perfil-O Grupo Energisa tem na distribuição de energia elétrica a principal base de seu negócio. Com cinco distribuidoras no Brasil – Energisa Sergipe, Energisa Paraíba, Energisa Borborema, Energisa Minas Gerais e Energisa Nova Friburgo – o grupo abrange 91.180 km² de área coberta, atendendo a 2,4 milhões de consumidores e beneficiando 6,8 milhões de habitantes em 352 municípios. Mais de 5,5 mil colaboradores diretos e indiretos fazem parte das suas empresas. As ações da Energisa são negociadas na Bolsa de Valores Mercadorias e Futuro de São Paulo (BM&F Bovespa) sob os códigos ENGI3, ENGI4 e ENG11.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira