Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/08/2012 - 07:43

Grupo Libra aumenta automação das suas atividades com solução de tecnologia da israelense HTS


O Grupo Libra, alinhado com as demandas de infraestrutura do país, através da Unidade de Negócios Libra Terminais, está implementando um programa de automação e aumento da eficiência operacional dos seus terminais portuários. Como resultado, neste primeiro momento, decidiu adotar a solução de OCR (Optical Character Recognition) da israelente HTS em todos os gates de acesso de carga e carretas nas unidades nos portos de Santos e Rio de Janeiro.

Em um primeiro momento, o foco são os aspectos legais da portaria 3518/2011 da Receita Federal (que estabelece as regras para identificação das placas de veículos e numeração de container), para na sequência serem implementados os aspectos de automação, resultando em ganhos para todos os envolvidos na cadeia.

A HTS Brasil, braço nacional da HTS, empresa israelense líder mundial em automação de portos, foi a empresa escolhida pelo Grupo Libra para fornecimento da solução. O sistema da HTS reconhece a placa do caminhão, o número do contêiner e, em seguida, transmite a informação. A identificação do veículo no novo sistema é feita durante a entrada do caminhão, em movimento, com base em um conjunto de sensores. A iluminação é operada automaticamente e várias fotos são tiradas por diferentes câmeras.

“A forma como conduziu a negociação foi um diferencial para a seleção da HTS, focando não apenas no aspecto legal como nos ganhos de eficiência para a Libra. Foram elaborados pouco mais de dez projetos executivos antes da contratação do projeto”, disse Diogo Vasconcellos, responsável pela área de TI da Unidade de Negócios Libra Terminais

“Estamos muito satisfeitos com a receptividade que a HTS está tendo no mercado brasileiro, a empresa está no país desde o começo do ano e já tem contratos com os maiores players do mercado”, disse Maxwell Rodrigues, vice-presidente da HTS Brasil. Na visão do executivo, os terminais não querem apenas cumprir as exigências legais ao automatizar, buscam, acima de tudo, aumentar a competitividade.

Perfil da HTS Brasil -A HTS Hi-Tech Solutions é reconhecida mundialmente como líder em OCR (Optical Character Recognition) e em tecnologia para reconhecimento de caracteres em contêineres, placa de veículos e radares de alta e baixa velocidade. Fundada em 1992, a empresa tem a base em Israel, e conta com escritórios nos Estados Unidos e na Europa. Todos os produtos HTS são desenvolvidos internamente e se baseiam em tecnologia própria e avançados softwares de processamento de imagens. Com mais de 1000 sistemas implantados em 40 países, HTS fornece soluções para logística e segurança, além de contar com portais capazes de fazer varredura de radiação para inspecionar o conteúdo de contêineres. No Brasil, está presente desde o começo do ano com foco em monitoramento de rodovias e portos.

Grupo Libra -Um dos maiores players brasileiros em operação portuária e logística de comércio exterior e primeiro operador privado de contêineres no país, o Grupo Libra é um diversificado conglomerado empresarial com quase 70 anos de experiência e dividido em quatro unidades de negócios – Libra Terminais, Libra Logística, Libra Aeroportos e Libra Participações.

A Libra Terminais, uma das líderes de mercado de operação portuária, reúne as operações portuárias de importação e exportação de contêineres na Libra Terminais Santos e na Libra Terminais Rio. É responsável pela expansão e diversificação das atividades nos Terminais de Santos e Rio e pela construção de um novo terminal portuário em Imbituba (SC).

Já a Libra Logística dispõe de infraestrutura com centro de distribuição para o mercado interno e gerenciamento de transporte rodoviário e ferroviário e oferece soluções integradas para operações de armazenagem, movimentação, transporte, unitização e desunitização de contêineres para exportação e importação. É composta por unidades operacionais estrategicamente localizadas junto às principais rodovias e ferrovias da região sudeste, como a Libra Logística Campinas (porto seco), o Redex Libra Logística Cubatão (especializado em cargas frigorificadas) e o Redex multimodal rodo-ferroviário Libra Logística Valongo, em Santos, com capacidade, principalmente, para operar cargas especiais e de projetos.

A Libra Aeroportos é a mais nova unidade de negócios da companhia, oferecendo ao cliente da Libra uma malha intermodal completa e integrada aos demais negócios da companhia. O Grupo possui 60% das ações da Costa do Sol Operadora Aeroportuária, responsável pela operação do Aeroporto Internacional de Cabo Frio, que detém 33% das ações do Aeroporto de Angra dos Reis – ambos com grande importância para o desenvolvimento do turismo fluminense. O Aeroporto Internacional de Cabo Frio conta ainda com estrutura e capacidade para operar armazenagem alfandegada e geral de carga aérea ou marítima, além de funcionar como um importante apoio às plataformas offshore.

A Libra Participações engloba negócios sob controle do Grupo Libra ou em associação com outras empresas, sendo o principal deles a Companhia de Navegação da Amazônia (CNA).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: