Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/06/2012 - 10:11

CAF apoia o fortalecimento e a transformação produtiva como pilares de desenvolvimento e redução da pobreza


Durante o Seminário Transformação Produtiva para Economias de Baixo Carbono: Mecanismos de Financiamento foi apresentada uma visão geral das oportunidades e desafios para alcançar o desenvolvimento sustentável e a redução da pobreza. O evento foi organizado pela CAF - Banco de Desenvolvimento da América Latina – na Rio +20. Foi realizada a entrega do Primeiro Prêmio CAF para a transformação produtiva de baixo carbono.

Rio de Janeiro -Transformação Produtiva para economias de baixo carbono: mecanismos financeiros foi o título do seminário organizado pela CAF - Banco de Desenvolvimento da América Latina, que reuniu líderes de governo, instituições financeiras e organizações intergovernamentais, como parte da Rio +20.

O evento proporcionou uma troca de experiências e opiniões sobre as oportunidades e desafios para financiar a transição para o desenvolvimento sustentável e a redução da pobreza.

Enrique García, presidente-executivo da CAF, destacou o compromisso da instituição com um modelo global de desenvolvimento, "onde a sustentabilidade, no sentido mais amplo da palavra, é um ator fundamental". "A CAF, como Banco de Desenvolvimento da América Latina, fundamenta suas ações sobre os dois pilares de sua missão: integração e desenvolvimento sustentável", disse.

"É um grande momento para a reflexão sobre os desafios colocados pelo desenvolvimento e a necessidade de os países, por meio de um trabalho conjunto entre os setores público e privado, ajustem suas estratégias para um modelo baseado na sustentabilidade", afirmou García sobre a Rio +20.

O presidente-executivo da CAF ressaltou, nesse sentido, o papel desempenhado pelas agências de desenvolvimento como agentes catalisadores para promover essa estratégia.

A organização do seminário reflete o objetivo prioritário de promover uma maior eficiência no uso dos recursos naturais em todos os processos produtivos, para minimizar os impactos negativos ao meio ambiente, assegurando a sustentabilidade do crescimento com estabilidade econômica e inclusão social.

O seminário contou também com a presença de Carlos Klink, secretário-geral de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente do Brasil; Alicia Bárcena, secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL); Peter Gilruth, da Divisão de Análise de Alerta Preventivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA); Santiago Madriñán, diretor-executivo do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD); e Christiana Figueres, secretária-geral da Convenção das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, entre celebridades internacionais.

Ações concretas, benefícios tangíveis -A CAF reconheceu o trabalho de empresas latinoamericanas que realizaram transformações produtivas de sucesso com o Primeiro Prêmio CAF para a transformação produtiva baixa em carbono.

Também foram apresentados casos de sucesso na América Latina e novos meios de financiamento para promover processos de produção e de aproveitamento de recursos naturais sustentáveis.

A seleção para o prêmio foi realizada sobre uma amostra de 150 empresas que atendem a determinados critérios de elegibilidade, incluindo diretrizes voluntárias com compromissos globais associados às melhores práticas de sustentabilidade, a adoção de normas internacionais, o reconhecimento do mercado, e uma avaliação ambiental integral.

As empresas da América Latina em seu caminho rumo a uma economia de baixo carbono que estão no Top 10 deste Prêmio CAF foram:1. Natura (Brasil) |2. Bradesco (Brasil)|3. Federação Nacional de Cafeicultores da Colômbia (Colômbia) |4. CEMEX, S.A.B. de CV (México)| 5. Suzano Papel e Celulose (Brasil) |6. Acindar, Grupo ArcelorMittal (Argentina)|7. Grupo Bimbo (México)| 8. Celulosa Arauco y Constitución, S.A. (Chile)| 9. Fomento Económico Mexicano, S.A.B.de CV - FEMSA (México)| 10. União de Cervejarias Peruanas Backus e Johnston, SAA (Peru). [http://eventos.caf.com/evento-rio/es/invitacion].

CAF, banco de desenvolvimento da América Latina, tem como missão incentivar o desenvolvimento sustentável e a integração regional por meio de financiamento de projetos dos setores público e privado, oferecendo cooperações técnicas e outros serviços especializados. Fundado em 1970 e formado atualmente por 18 países - 16 da América Latina e Caribe, além de Espanha e Portugal -, e 14 bancos privados, é uma das principais fontes de financiamento multilateral e um importante gerador de conhecimento para a região.[ www.caf.com].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: