Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/06/2012 - 09:58

Hello Research divulga resultados de pesquisa oficial sobre RIio+20 e sustentabilidade

Conduzido em 70 cidades em todo o Brasil, levantamento inédito revela que apenas 28% da população têm conhecimento do Rio+20, impulsionado por grau de escolaridade e renda familiar.

São Paulo - A Hello Research, agência de pesquisa e consultoria de inteligência de mercado, em parceria com a Humanitare, instituição responsável por promover ações da ONU e aproximá-la com a sociedade civil, anunciam os resultados da pesquisa oficial sobre recall de imagem do Rio+20 e questões relativas à sustentabilidade. O estudo revela que 28% das pessoas demonstraram conhecer o evento e, dentre os critérios de segmentação, entrevistados de sexo masculino, jovens, de classe social mais abastada e nível de escolaridade superior, expressaram maior ciência a respeito do Rio+20.

Entre 24 de maio e 03 de junho de 2012, foram entrevistadas 1.360 pessoas de todas as regiões do país, o que corresponde a uma amostra representativa da população brasileira. A pesquisa foi conduzida 100% face a face com entrevistas realizadas em 70 cidades do país, divididas por regiões e classificação social (seguindo critério Brasil). “A proposta do estudo consistiu em avaliar o que os brasileiros entendem sobre o Rio+20 e sua importância no país e no mundo. Mais do que isso, queríamos entender se o tema desenvolvimento sustentável faz parte do dia a dia dos brasileiros”, afirma Jair Gagliego, chairman da Hello Research. “Os resultados foram surpreendentes, até porque, diferente de outras pesquisas web, pudemos ter uma leitura mais abrangente, capaz de representar os mais diversos perfis de brasileiros”, aponta o executivo.

Resultados-Do total de entrevistados, apenas 28% conhecem ou, ao menos, já ouviram falar do Rio + 20. Em linhas gerais, quem mais sobre o assunto são os homens, jovens e pessoas de maior escolaridade, classe e renda. Como anfitriões do evento, os cariocas também se destacam no assunto.

Entre a distinção por sexo, 31% dos homens disseram saber do Rio+20, enquanto 25% afirmaram o mesmo. Os mais velhos, com 60 anos ou mais, são os que menos conhecem, com 16%. Quanto maior a escolaridade, maior o conhecimento: 72% das pessoas com ensino superior completo conhecem o evento; o mesmo ocorre no quesito de classe social: 72% da classe A domina o assunto.

Na categoria de região, a Sudeste tem melhor índice, com 36%, à frente do Centro-Oeste e Norte, empatados com 30%. Os entrevistados residentes nas áreas urbanas e capitais demonstraram maior conhecimento do tema, com 34%, o dobro em relação aos que moram na região rural e interior. No Rio de Janeiro, local anfitrião do Rio+20, 53% da população sabem ou ouviram falar dele, apesar da maioria confundir o evento com os acontecimentos esportivos, como Olimpíadas e Copa. Aos paulistanos, o número cai para 28%.

Das pessoas que disseram conhecer o Rio+20, mais da metade (52%) não soube afirmar ao certo do que se trata o evento. A maior parte das mulheres (60%) não soube responder. Dos entrevistados com menor grau de escolaridade, mais da metade não soube nada sobre o evento.

Ainda dos entrevistados que disseram conhecer superficialmente, apenas 29% deles associaram com Conferência da ONU sobre desenvolvimento sustentável, o nome oficial do evento. No Rio de Janeiro, 20% responderam dessa forma, sendo que apenas 2% mencionaram sustentabilidade e reciclagem.

Desenvolvimento sustentável-A pesquisa também focou em analisar a familiaridade dos brasileiros com o tema desenvolvimento sustentável. Nesse ponto, 43% dos entrevistados afirmaram conhecer ou já ter ouvido falar nesse conceito, contando como fator crucial a escolaridade. Entre a distinção de gêneros, a porcentagem ficou entre 46% dos homens e 41% das mulheres que entendem o tema.

Em relação aos jovens, um em cada dois sabe sobre o assunto. “Foi animador perceber que 50% dos jovens já conhecem sobre desenvolvimento sustentável. Número muito bom se comparado com pesquisas oficiais realizadas anteriormente”, comenta Davi Bertoncello, sócio e vice presidente de planejamento da Hello Research.

Dos que dominam o assunto, 40% disseram que o desenvolvimento sustentável significa “Crescimento econômico, respeitando meio ambiente e a sociedade”. “Esse é um dos dados mais interessantes da pesquisa, revela que as pessoas já conseguem articular três das dimensões envolvidas no conceito de desenvolvimento sustentável – econômica, ambiental e social. Já não se limitam meramente ao aspecto da proteção ao meio ambiente. Isso é um indicador que confirma que as ações para a promoção do tema sustentabilidade tem tido sucesso”, aponta Luci de Oliveira, professora e pesquisadora da Fundação Getulio Vargas do RJ, que foi consultora da pesquisa.

Outro dado interessante fica por conta do conhecimento sobre os chamados empregos verdes. Apenas 5% dos entrevistados conhecem ou já ouviram falar dos Green Jobs. Outro fato é que, entre brasileiros de 25 a 34 anos, 8% conhece o tema e também sobre eco-desenvolvimento.

Para finalizar, a pesquisa reproduziu aos brasileiros a pergunta tema do Rio+20 “O Futuro que Queremos” ou, em linhas gerais, em que mundo queremos viver com nossos familiares e amigos em 2032. Paz é o atributo mais mencionado, citado por 29% dos entrevistados, seguido por saúde com 15%.

“A principal mensagem que a pesquisa deixa clara é que para um futuro mais “verde” e sustentável - onde as pessoas considerem e entendam os valores da sustentabilidade e do desenvolvimento sustentável, é preciso investir mais em educação: as pessoas de maior escolaridade foram as que mais mencionaram preocupações relacionadas a sustentabilidade do planeta e do local em que vivem, e também as que mais estão antenadas nos acontecimentos e debates que a Rio+20 busca promover”, finaliza Davi Bertoncello. .[ Pesquisa: www.facebook.com/Brasil2032].

A Hello Research nasceu em 2010 como a primeira agência brasileira de pesquisa de mercado especializada na metodologia de coleta de dados digital OnTarget. Ao longo deste período passou a atuar fortemente com consultoria de inteligência e teve que expandir sua operação. Hoje, além de estar consolidada como o maior player de pesquisa digital com coleta de dados de mídia de performance, integra também o maior grupo brasileiro de pesquisa focado em coleta de dados face a face. Essa união de expertises fez da Hello Research uma empresa de pesquisa/inteligência jovem, antenada e completa, em que mais importante do que a metodologia de coleta é a geração de informação relevante, capaz de informar a sociedade e/ou agregar valor na adoção de estratégias vencedoras das grandes marcas.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: