Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

01/06/2012 - 08:25

Condutores da Tocha Olímpica, selecionados por Coca-Cola, recebem benção antes do grande dia


Brasileiro, que participou de documentário indicado ao Oscar, é reconhecido em Liverpool. Tião dos Santos, Rene Silva, Eduarda Cristina e Marcos André percorrerão as ruas de Liverpool, no dia 1º de junho (sexta-feira). Grupo conheceu o Cavern Club, primeiro bar onde os Beatles tocaram e fez um “tour musical” pelas ruas de Liverpool.

Na véspera da participação no revezamento da Tocha Olímpica, os quatro condutores brasileiros selecionados por Coca-Cola ganharam também conforto espiritual para lidar com a ansiedade sobre sua participação num momento icônico dos Jogos de Londres. Durante visita à imponente Catedral Anglicana de Liverpool, um dos principais cartões-postais da cidade, Sebastião Carlos dos Santos (Tião), Eduarda Cristina Hubner Cavalcanti (Duda), Rene Silva dos Santos e Marcos André França da Silva (Marquinhos) receberam a benção de Tom Watson, um dos padres a serviço da diocese.

A iniciativa partiu do próprio sacerdote, que ficou encantado com as histórias inspiradoras do grupo, escolhido por Coca-Cola como representantes do "Novo Brasil". Watson reconheceu Tião pela participação no documentário indicado ao Oscar "Lixo Extraordinário", mas também foi apresentado ao trabalho de Marquinhos, instrutor e ex-aluno do Projeto Coletivo no Centro de Organização Comunitária de Chão de Estrelas, em Recife, onde Coca-Cola capacita jovens. De Rene, ouviu detalhes sobre sua atuação nas mídias sociais (o morador do Complexo do Alemão conta com mais de 34 mil seguidores no twitter), enquanto quis também saber de Duda sobre seus sonhos para o futebol.

"Eles estão aqui representando suas comunidades e seu país, e por isso fica aqui também a benção para os brasileiros. Que esse momento sirva para divulgar o potencial da juventude", disse Watson. A visita à catedral, um prédio erguido no século 20, mas tão monumental (mais de 100m de altura) a ponto de ter sido poupado durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial por servir de orientação para a aviação alemã, serviu para distrair um pouco os condutores antes do grande dia. "A gente conhece um pouco de história e fica com a cabeça em outras coisas antes do revezamento. O guia me contou que há 31 toneladas de sinos no alto do salão principal", explicou Rene.

A participação na cerimônia dessa sexta-feira terá um início espartano para os condutores. Devido à complexidade logística da corrida, em especial o forte esquema de segurança, Tião, Marquinhos e Rene terão que sair do hotel por volta de 2h30m (de Brasília) para se dirigir aos pontos de triagem. O revezamento tem uma rotina básica: cada participante percorre um trecho de 300m com a tocha. Rene abrirá a participação brasileira, às 6h42m, no bairro de Southport. Às 7h06m, será a vez de Tião, em Ainsdale. Marquinhos corre em Formby, 07h28m, e o pernambucano promete iniciar sua participação com passos de frevo. "Estarei representando o povo pernambucano e não quero perder a chance de homenagear nossa cultura", diz o sempre sorridente Marquinhos.

Para Duda, a dose de frio na barriga será maior: ela foi escalada para o trecho de Birkenhead, no final da tarde em Liverpool (14h39m de Brasília) e passará boa parte do dia longe dos companheiros de viagem. "Acho que vou roer até meus dedos de tanta expectativa", brinca a campeã da Copa Coca-Cola de 2011, escolhida por simbolizar a luta dos jovens em busca de sonhos.

Além da visita à catedral, o grupo também fez um city tour de Liverpool, que invariavelmente não deixou de lado pontos ligados aos Beatles: passaram por Penny Lane, a alameda que deu nome à imortal homenagem nostálgica de Paul McCartney à cidade, e pelo terreno do antigo orfanato de Strawberry Fields, que inspirou John Lennon, parando ainda no reconstruído Cavern Club, palco dos primeiros shows do Quarteto de Liverpool.

Com envolvimento em causas sociais, os condutores também se interessaram por questões referentes à recuperação urbana de Liverpool, que na década de 80 era uma das cidades mais pobres do Reino Unido por conta da decadência da atividade portuária. "É sempre importante estar a par de atividades que resultem em melhores condições de vida e que reduzam a pobreza, Liverpool teve problemas graves e hoje está recuperada. Para nós está sendo ainda mais interessante participar de uma experiência inesquecível como o revezamento numa cidade assim", explica Rene.

Perfil - O Sistema Coca-Cola Brasil atua em sete segmentos do setor de bebidas não-alcoólicas - águas, chás, refrigerantes, sucos, energéticos, isotônicos e lácteos, com uma linha de mais de 150 produtos, entre sabores regulares e versões de baixa caloria. Formado pela Coca-Cola Brasil e 15 grupos fabricantes brasileiros, além do Sistema de Alimentos e Bebidas do Brasil (SABB), emprega diretamente 60 mil funcionários, gerando cerca de 600 mil empregos indiretos.

Os investimentos do Sistema Coca-Cola Brasil para 2012 são de R$ 2,8 bilhões. No período 2012 a 2016, o total investido será de R$ 14,1 bilhões, 50% maior do que o montante investido entre 2007 e 2011.

A sustentabilidade é um compromisso da Coca-Cola Brasil e se reflete na forma como a empresa e seus fabricantes lidam com as pessoas e com o meio ambiente. O índice de uso de água da Coca-Cola Brasil, por exemplo, é um dos melhores do mundo: 1,91 litros de água para cada litro de bebida produzido - menos da metade do volume utilizado 13 anos atrás.

Na reciclagem, a Coca-Cola Brasil desenvolveu, através do Instituto Coca-Cola Brasil, um programa chamado "Reciclou, Ganhou" que, desde 1996, colabora para que o País seja um dos mais avançados na reciclagem de materiais. Hoje, 98% das latas de alumínio e 56% das garrafas PET são recicladas. [www.institutococacolabrasil.com.br e www.cocacolabrasil.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira