Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/05/2012 - 17:30

Empresas de papel e celulose têm até 25% de economia de energia no mercado livre

O alto consumo de energia elétrica do segmento de papel e celulose tem consolidado a migração de empresas deste setor ao mercado livre de energia, em função de um aspecto fundamental: redução de até 25% na conta de energia em relação ao mercado cativo. “Se o gasto mensal, por exemplo, for superior a R$ 100 mil, o que representa demanda maior a 500 KW, faz todo o sentido migrar para a energia livre”, analisa Sérgio Costa, diretor da Trade Energy, comercializadora independente com foco nos consumidores livres de energia elétrica.

Dentro do setor de papel e celulose há ainda o nicho de empresas da área eletro-intensiva, composto por um significativo volume de companhias de menor porte, que possuem grande potencial para migrar ao mercado livre. “Entre as vantagens da migração podemos mencionar a gestão eficiente do uso da energia, sem falar da possibilidade de alocar os recursos economizados em outros departamentos, o que poderá impulsionar sua competitividade no segmento”, afirma Costa.

Atualmente, 10% dos clientes da Trade Energy, na área de gestão de contratos, são empresas pertencentes ao setor de papel e celulose, como os grupos Trombini, Iguaçu, Arauco, Berneck, Paema, entre outros. A companhia atua com fontes renováveis de energia, preferencialmente as incentivadas, o que resulta em menores custos de utilização do sistema elétrico (TUSD menor) e destaca sua preocupação com a sustentabilidade.

A Trade Energy é uma comercializadora independente com foco nos consumidores livres de energia elétrica, em pequenos e médios produtores independentes de energia. Tem grande experiência no setor, onde existe a possibilidade de gestão sobre este insumo, resultando custos menores e previsibilidade de preços futuros, o que garante economia e segurança com a contratação de energia elétrica. Fundada em 1998, a empresa foi uma das primeiras comercializadoras autorizadas pela ANEEL para atuar no mercado livre de energia e a ingressar na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). | www.tradeenergy.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira