Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/09/2007 - 09:24

Terminal Portuário cria acessório para intensificar segurança noturna nos pátios de contêineres


Trata-se de capacetes com break lights, ou seja, com iluminação própria e constante, na forma de pisca-pisca, aumentando a visibilidade do trabalhador nas áreas de pátios de contêineres. Já apelidado de “capacete vaga-lume”, o novo acessório visa segurança e prevenção de acidentes.

Para comemorar os 23 anos de atividades da Termares - Terminais Marítimos Especializados, nesta quinta-feira, 27, a empresa apresenta ao mercado portuário um novo acessório para intensificar a segurança noturna nos pátios de contêineres. Desde o mês de agosto, todos os colaboradores do período da noite passaram a utilizar capacetes com break lights, ou seja, com iluminação própria e constante, na forma de pisca-pisca, aumentando a visibilidade do trabalhador. Já apelidado de “capacete vaga-lume”, o novo acessório visa segurança e prevenção de acidentes.

Para o diretor da Termares, Valdir Motta, a iniciativa pioneira da empresa mostra seu comprometimento com a segurança do trabalho através de ações que envolvem diretamente seus colaboradores. “O Terminal está sempre atento ao ambiente interno e externo e procura sempre se antecipar aos acontecimentos. Para isso dá muita ênfase e treinamento a uma ferramenta da ISO-9000-2000 chamada ação preventiva. Um bom exemplo é a criação do capacete com pisca, inovação de um dos nossos colaboradores”.

O gerente de Operações da Termares, Amaury Curci, conta que o uso do novo capacete começou há cerca de dois meses, após um trabalho de orientação e conscientização da importância do novo acessório, que fica aceso o tempo todo e reflete até 200 metros.

A Termares hoje é pioneira na criação e uso deste novo acessório de segurança pessoal. O terminal já enviou também um exemplar do capacete com break lights para o Ministério do Trabalho. “O nosso objetivo maior com esta implantação e o envio para o Ministério do Trabalho é a prevenção de acidentes e assegurar o bem estar de todos os colaboradores. Eu acredito que os break lights poderiam fazer parte dos Equipamentos de Proteção Individual - EPI. É extremamente válido por ser um item a mais”, ressalta Curci.

Flashlights - Além dos break lights, a Termares também quer implantar o uso de “flashlights”, muito usados em minas. O equipamento está em teste, mas logo entrará em vigor. O Terminal está elaborando também um material educativo sobre segurança do trabalho para que todas as pessoas que vão ao terminal tenham a conscientização do uso dos EPI. A Termares também vai implantar um corredor externo de faixa amarela para marcar os espaços onde visitantes possam caminhar pelos pátios mais seguramente. “Delimitar a área para todas as outras pessoas que vêm vistoriar um contêiner, por exemplo, é fundamental. Seja um engenheiro, despachante, diretor de alguma empresa, jornalistas, enfim, é preciso ter uma área de limite para segurança de todos”, conclui Curci.

Perfil da Termares - Terminais Marítimos Especializados é uma empresa tradicionalmente reconhecida no Porto de Santos pela sua origem 100% nacional e pela qualidade nos serviços prestados e soluções oferecidas às empresas de comércio exterior.

Especializada no manuseio e armazenagem de cargas de exportação e importação, sob regime aduaneiro, a Termares possui localização estratégica, na Zona Primária do Porto de Santos, a apenas 150m do Cais do Saboó e a poucos minutos do Centro Histórico de Santos. Com uma área total de recinto alfandegado de mais de 30 mil metros quadrados, totalmente pavimentados e cercados, o Terminal conta com capacidade estática para armazenamento de até 3000 TEU’s. Dispõe de monitoramento eletrônico e controle de acesso 24 horas por dia nos sete dias da semana.

A Termares está localizada no cais do Saboó de Santos, no Ponto I, s/n - Pátios 1, 2 e 3. Site: www.termares.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: