Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

05/04/2012 - 11:04

Preço da energia elétrica aumenta mais de 100% em março

Rio de Janeiro– No mês de março, o preço de energia elétrica de fonte convencional para entrega a curto prazo no mercado brasileiro teve uma alta de 102% fechando o mês a R$ 135,61 MWh , o dobro do verificado no mês anterior. Neste período, o preço mais baixo registrado foi de R$ 67,13 MWh, em 1° de março, e o mais alto de R$ 140,95 MWh, em 13 de março.

“Pelo segundo mês seguido, tivemos menos chuva do que o previsto e, consequentemente, menos água nos reservatórios. Adicionalmente, por conta do atraso esperado na entrada em operação de algumas usinas, o Operador Nacional do Sistema (ONS) postergou a disponibilidade de energia elétrica em seus cálculos. O resultado foi que o preço da energia elétrica disparou e a liquidez do mercado caiu com seus agentes hesitantes em girar maiores volumes neste momento de incertezas”, comenta Marcelo Mello, CEO da BRIX.

O índice BRIX Convencional encerrou o mês de março a R$ 10,64 MWh, com desvalorização de 35% em relação ao verificado no mês anterior. O patamar máximo alcançado no período foi de R$ 21,54 MWh, no dia 8 de março, e o mínimo de R$ 10,51 MWh, no dia 29 de março.

No mesmo período, o recém lançado índice BRIX Incentivada 50% fechou a R$ 165,50 MWh com valorização de 70% sobre o valor de fechamento no mês anterior. O valor máximo registrado foi de R$ 170,19 MWh, no dia 16 de março, e o mínimo de R$ 97,42 MWh, no dia 1º de março.

O PLD médio mensal publicado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para o submercado Sudeste/Centro-Oeste, que em fevereiro foi de R$ 50,67 MWh, avançou para R$124,97 MWh em março, com valorização de mais de 146%.

“Importante ressaltar que devido a dinâmica do Ambiente de Contratação Livre (ACL) os preços correntes para energia convencional com entrega no submercado SE/CO ainda no mês de março estão em cerca de R$ 136 MWh, enquanto que para entrega no mês de abril já estão em cerca de R$ 190 MWh”, observa o executivo da BRIX.

Índices BRIX – A metodologia de cálculo dos Índices BRIX consiste em uma média ponderada das operações negociadas na plataforma diariamente com vencimento no mês corrente, para o submercado Sudeste/Centro-Oeste, o qual apresenta maior liquidez entre as negociações efetuadas. Os índices BRIX são divulgados diariamente em R$ por MWh (megawatts-hora).

O preço da energia elétrica convencional de curto prazo é determinado pelo somatório dos valores do prêmio praticado no mercado, evidenciado pelo índice BRIX Convencional, e do PLD (Preço de Liquidação das Diferenças), divulgado semanalmente pela CCEE.

O índice BRIX Incentivada 50% refere-se aos contratos de energia elétrica de fonte incentivada com 50% de desconto na Tarifa de Uso dos Sistemas Elétricos de Distribuição (TUSD), negociados a preço fixo para entrega no mês corrente no submercado Sudeste/Centro-Oeste.

.Mais detalhes nos gráfico abaixo:

Perfil-A BRIX é a primeira plataforma eletrônica de negociação de energia elétrica, disponível a todos os agentes do Ambiente de Contratação Livre (ACL), que integra os participantes em um leilão permanente e multilateral. A BRIX conta com a tecnologia de ponta desenvolvida pela ICE – Intercontinental Exchange, líder mundial em bolsas de energia e outras commodities. [www.brix.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: