Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/03/2012 - 09:53

Rio de Janeiro vai ganhar cinco marinas públicas flutuantes

Arraial do Cabo, Paraty, Angra dos Reis, Mangaratiba e Búzios serão beneficiados.

O secretário estadual de Turismo, Ronald Ázaro, anunciou em Lisboa, Portugal, a construção de marinas públicas flutuantes nos municípios de Arraial do Cabo, Paraty, Angra dos Reis, Mangaratiba e Armação dos Búzios. Ele também anunciou a aprovação do 1º Termo de Referência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que libera inicialmente US$ 20 milhões para o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Para Ronald Ázaro, o Projeto de Fomento e Organização do Turismo Náutico do Estado tem importância fundamental para o incremento, não só da atividade turística, como também para o desenvolvimento das regiões.

- Estaremos investindo nos próximos meses, cerca de R$ 5 milhões nessas marinas que vão gerar empregos, renda, desenvolvimento da indústria off-shore e melhorias na área do meio ambiente. Como exemplo, em Arraial do Cabo, que receberá a primeira marina, 120 barcos de médio porte ficarão atracados em total segurança. As prefeituras municipais serão as responsáveis pela manutenção e operacionalização da atividade.

O secretário acrescentou que, aliado à construção das marinas, serão realizados cursos de capacitação e qualificação para os trabalhadores que trabalharão nesses locais e que haverá aulas de receptivo e idiomas com o objetivo de incrementar o turismo nas localidades. Atualmente cerca de 90% do trabalho praticado no turismo náutico é informal.

A responsabilidade ambiental do projeto está presente nos materiais utilizados na construção das marinas que serão flutuantes em PVC ou Polietileno e o piso, tipo deck de madeira plástica, 100% reciclável. O processo de construção é simples, seguro e econômico em relação ao sistema convencional, fixo de concreto. Todo o projeto tem baixo índice de risco ambiental e uma excelente eficácia no atendimento às embarcações.

Prodetur -Ainda em Lisboa, o secretário de Turismo Ronald Ázaro, anunciou que recebeu um e-mail informando que o 1º Termo de Referência foi aprovado pelo BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento - liberando US$ 20 milhões, primeira parcela do Prodetur – Programa de Desenvolvimento do Turismo no Estado do Rio de Janeiro. O programa prevê investimento total de US$ 187 milhões com contrapartida do Estado.

- Com esta autorização vamos licitar e executar os programas, inicialmente na área da formalização dos agentes de turismo no Estado do Rio de Janeiro e toda a sua cadeia produtiva, numa parceria com o Sebrae - disse.

Na capital portuguesa, Ronald Ázaro participa até o próximo dia 04 de março(domingo) da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa 2012, considerada um dos maiores encontros de turismo da Europa. No estande da Embratur, a SETUR-RJ e sua vinculada TurisRio divulgam, através de entrevistas à imprensa, folhetos, bonés, camisetas e cartões postais, todas as regiões turísticas do Estado do Rio de Janeiro. Em 2011, participaram do evento 1.100 expositores, 38.179 profissionais e 36.579 consumidores finais.

- O Brasil, em especial o Rio de Janeiro, passa por um momento de grande exposição no mercado internacional por conta dos mega eventos que estão agendados. Em junho deste ano, a Rio+20 e, nos próximos anos, a jornada Mundial da Juventude, Copa das confederações, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Sendo assim estamos no momento ideal para apresentar a nossa riqueza turística em países que podem se tornar grandes emissores de turistas como é o caso de Portugal - disse Ronald Ázaro.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira