Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

25/02/2012 - 09:53

Rampa do Oi Vert Jam começa a ser montada na Praça do Ó, na Barra da Tijuca


Skatistas comemoram dez anos de Oi Vert Jam.

Faltando uma semana para o início do Oi Vert Jam 2012, a Praça do Ó, na Barra da Tijuca, começa a ficar com a cara do evento. A rampa que vai receber os melhores skatistas de vertical do mundo entre os dias 02 e 04 de março (sexta e domingo), terá a montagem iniciada neste fim de semana sob a supervisão do hexacampeão mundial Sandro Dias e a de mais dois experientes skatistas: Lécio Neguinho e Sérgio Negão.

A rampa do Oi Vert Jam é um projeto suíço, de padrão internacional e tecnologia de ponta. Com uma estrutura modulada, o half pipe, de 18m de largura por 4,20m de altura, é dividido em 96 partes. A madeira que reveste a última camada da pista também é importada, com um tratamento especial para garantir a resistência e a durabilidade, evitando imperfeições. Antes do início da construção, Mineirinho adianta a novidade deste ano. "Vamos montar mais duas rampas com uma parte mais alta para que os atletas consigam atingir uma velocidade maior já na primeira volta. Será uma em cada extremidade, o que chamamos de rolling."

A mudança de endereço marca a comemoração dos dez anos do evento. Participante assíduo, Mineirinho comenta como é bom ter uma competição fixa na cidade, com a qual os skatistas podem contar. "É muito bom saber que, independentemente do resto do ano, sempre teremos o Oi Vert Jam. Figura muita gente importante, tem muita mídia, acaba segurando o patrocinador por mais tempo. É uma garantia de visibilidade. A molecada se prepara e espera ansiosamente. Quando comecei a participar da produção, vi que não é fácil montar um evento desse porte."

Rodrigo Menezes, o Digo, levou um susto quando percebeu que esta seria a décima edição do evento. "Já? Como o tempo passa! É tudo sempre muito profissional. As pessoas são receptivas, o público carioca se mantém fiel e marca presença, gritando e aplaudindo. O nível dos atletas é alto, o que torna a competição vibrante." Digo destaca ainda a mistura de culturas na plataforma, onde todos se entendem mesmo sem falar a mesma língua. E comenta como o evento ajudou no crescimento do esporte no país. "As pessoas realmente assistem e começam até a se envolver. Por terem um filho que gosta de andar ou por pura curiosidade de ver a galera fazendo aquelas piruetas malucas."

O encontro de diferentes gerações de esportistas já se tornou uma marca do Oi Vert Jam. Skatistas renomados como Sandro Dias e Andy Macdonald se juntam aos mais jovens, Exemplo é o atual bicampeão Marcelo Bastos e a garotada recém-promovida ao profissional, como Ítalo Penarrúbia, Diego Bigode e Nilo Peçanha. Para Mineirinho, a galera mais velha pode ter certa vantagem por conta da experiência, mas o alto nível da competição faz com que todos tenham as mesmas chances. "É difícil aspostar em alguém. São todos muito bons, não há diferença na questão técnica. Talvez tenhamos um pouco mais de experiência, que pode ajudar em alguns momentos, mas até eu ainda fico nervoso de competir no Brasil".

O Oi Vert Jam terá transmissão do SporTV na sexta-feira e no sábado. Domingo, a TV Globo transmite a final do skate individual, dentro do Esporte Espetacular. A entrada é franca.

O Oi Vert Jam tem o patrocínio da Oi, TNT e HD. O evento é uma realização da IMX. O apoio é do Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Esportes e Lazer.

Perfil-O Oi Vert Jam é um dos eventos de esporte radicais mais duradouros do Brasil. No calendário oficial da cidade do Rio de Janeiro há dez anos, o campeonato se tornou aguardado a cada verão carioca. Durante nove anos teve sua estrutura montada no Parque dos Patins, contando com a beleza da Lagoa e do Corcovado como cenário para manobras para lá de radicais. Na primeira edição, em 2002, o título ficou com Sandro Dias, o Mineirinho. Em 2003, o dinamarquês Rune Glifberg se tornou o primeiro estrangeiro a vencer o torneio. Por causa de uma mudança de datas, o campeonato não aconteceu em 2004, sendo realizado em janeiro de 2005 com vitória de Bob Burnquist. O ano de 2006 marcou o tricampeonato do skatista carioca. Já em 2007, Sandro Dias voltou a brilhar. Bob Burnquist levou o quarto título do Oi Vert Jam, em 2008. O skatista Renton Millar desbancou a hegemonia brasileira, em 2009, e, nos dois últimos anos, 2010 e 2011, o título ficou com o paulista Marcelo Bastos.

Perfil-A IMX é uma joint-venture de esportes e entretenimento dos Grupos EBX e IMG Worldwide. Com sede no Rio de Janeiro, atuação nacional e conexão internacional, a IMX nasce com o objetivo de ser uma das principais empresas do setor no país. As áreas de atuação dividem-se em três pilares: Esportes (criação e produção de eventos, consultoria e gerenciamento de talentos), Entretenimento (realização de shows e artes cênicas) e Venues (construção, gestão e operação de estádios, arenas e centros de convenções). O portfólio da IMX para 2012 inclui projetos como a gestão do time de vôlei RJX e eventos como UFC (MMA), Volvo Ocean Race (vela), Megarampa (skate), LPGA Brasil Cup (golfe), Mundial de Futevôlei 4x4, Travessia dos Fortes (natação), Vert Jam (esportes radicais), FMX (motocross), Desafio Corcovado (ciclismo), Rio International Triatlon e Rio Urban (cultura urbana), entre outros.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira