Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

18/02/2012 - 07:10

ETEs Mizumo podem contribuir para a valorização do imóvel


O uso de sistemas de tratamento de esgoto e reúso de água tratada proporcionam qualidade de vida à população, reduz o consumo de água e os gastos com saúde, além de agregar valor às áreas urbanas e ao patrimônio.

A melhoria das condições e do acesso ao saneamento básico pode trazer inúmeros benefícios ao País, sejam relacionados à saúde da população e à qualidade de vida, sejam a racionalização da aplicação de recursos e a valorização imobiliária das regiões atendidas por estes serviços. A Mizumo – referência nacional em estações pré-fabricadas para tratamento de esgoto sanitário (ETE) – possui soluções dedicadas para atender a todos estes requisitos e que ainda permitem o reúso da água tratada, ampliando o leque de vantagens.

A Mizumo atende a um segmento de mercado que tem expandido sua atuação. Investimentos em tratamento de esgoto e reúso de efluente se fazem bastante necessários e estão na pauta de empreendimentos públicos e privados, que, cada vez mais, compreendem a importância deste tema e incluem estes benefícios aos projetos construtivos. “O reúso pode fazer parte das soluções que desenvolvemos e vem sendo adotado por muitos clientes que desejam a otimização dos custos e menor consumo de água potável, visando contribuir com a preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente”, afirma o gestor da unidade de negócios Mizumo, Giovani Toledo.

Maior valor aos imóveis -Pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) – ‘Benefícios econômicos da expansão do saneamento básico´ – indica que a universalização do acesso à rede de esgoto pode proporcionar a valorização de até 18% no valor dos imóveis e, consequentemente, das regiões onde se encontram os imóveis que passam a ser atendidos pelo saneamento básico, que terão maior valor agregado. Esta valorização se dará, especialmente, entre a população de baixa renda.

De acordo com o levantamento, a valorização dos imóveis alcançará R$ 74 bilhões, valor 49% maior que o custo das obras de saneamento avaliado em R$ 49,8 bilhões. Parte do montante investido em saneamento retornará aos cofres públicos na forma de impostos - Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Transferência de Bens Imóveis (ITBI) -, que se revertem à população em forma de novas melhorias. O valor dos imóveis cresce progressivamente à medida que aumenta o percentual da população com esgoto coletado.

“Os benefícios relacionados ao tratamento de esgoto favorecem um ciclo virtuoso: melhora do ambiente em que vivemos, redução dos gastos na área médica, melhoria da qualidade de vida das pessoas, aumento da produtividade e da renda, valorização imobiliária e patrimonial, aquecimento dos mercados, entre outros”, observa Toledo.

Produtos adequados à necessidade -A Mizumo dispõe da maior estrutura do mercado de ETEs pré-fabricadas, com engenheiros exclusivos para área de saneamento e outros especializados em diversas áreas, além de técnicos projetistas, químicos e biólogos, que trabalham de forma integrada no desenvolvimento das soluções, incluindo o controle da qualidade e serviços pós-venda.

Os projetos desenvolvidos pela Mizumo visam garantir a melhor relação entre custo-benefício do mercado. As soluções dedicadas, entre elas, das linhas Mizumo Plus, Tower e Customer, são robustas, modulares (permitem ser ampliadas ou removidas e remanejadas para outros locais), têm baixos custos operacionais e garantia de desempenho no tratamento biológico do esgoto. Esses fatores tornam a marca ideal para projetos residenciais, comerciais, industriais e para concessionárias de serviços de saneamento ambiental, entre outros.

A Mizumo adequa a ETE às necessidades de seus clientes e atende a todas as normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); as recomendações e resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente; as exigências da Certificação ISO 14.000 - pré-requisito para empresas exportadoras; e cumprem ainda com as diretrizes de estados e municípios. [www.mizumo.com.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: